Buscadores em primeiro lugar III

São éticas as estratégias que os otimizadores empregam com os clientes?

Por David Yanover


Publicado em: 01/8/06
Valorize este artigo:
Quais são as estratégias que usam com seus clientes? E quanto devemos esperar para ver o resultado do trabalho? Bruce Clay nos explicava, "vários clientes completam um questionário em nosso site. Concordamos com 2% deles. A maioria tem sites com imperfeições e necessitam um novo design para ter a esperança de um ranking alto nos motores de busca. Alguns estão cheios de spam. E outros não têm conteúdo. Nós desenvolvemos uma revisão total durante o processo de orçamento e só aceitamos clientes que queiram realizar mudanças apropriadas para obter rankings.

O objetivo inicial é a concorrência do site. Uma vez analisado os planos dos sites da concorrência, entendido o enfoque das palavras-chaves, e aprendido de suas estratégias de conexão, nós planejamos novamente seu site para atacar à concorrência com suas mesmas palavras. Também enfatizamos as palavras-chaves proporcionadas pelo cliente para alcançar altas posições.

Como resultado, a segunda área de concentração deverá ser obter a maior quantidade de links dos melhores sites apropriados para seu tema como seja possível. Alguns destes importantes motores de busca permitem que a "reputação" melhore os rankings. A reputação é determinada contando o número de sites que conectam ao seu, então a maior quantidade de links de outros sites ao seu site, melhora seu ranking".

As pessoas entrevistadas


Phil Craven nos contava, "se o website do cliente já foi indexado pelos motores, então significará que suas páginas serão indexadas freqüentemente, e as mudanças nas páginas se refletirão nos resultados rapidamente. Mas um site novo leva de 2 a 3 meses, e às vezes mais, antes das suas páginas serem indexadas e classificadas onde pertencem. A otimização dos motores de busca pode ser um processo muito longo, e é necessário ter muita paciência.

Disse anteriormente que estou muito contente fazendo o que se deve para obter os rankings requeridos, mas prefiro faze-lo dentro das pautas dos motores se for possível. Minha primeira tarefa é realizar a otimização básica no conteúdo do site para os termos de busca mais desejados, que às vezes implicam alterar a estrutura dos links dentro do sitio e mudar algum dos textos de links.

Se a otimização não teve sucesso para alguns termos de busca, e não há nada mais que possa fazer dentro das pautas, começo a empregar técnicas que estão fora das regras, mas somente com o consentimento do cliente".

Como poderão observar as posições de Bruce Clay e Phil Craven são opostas em relação ao que consideram ético neste setor. Bruce defende as normas aprovadas pelos motores de busca, enquanto que Phil nos disse em várias oportunidades que não tem problemas em utilizar mecanismos que manipulam drasticamente os buscadores. Entretanto, como nos conta na entrevista, sim que considera não ético o fato de posicionar uma página para uma palavra que não tem nada a ver com seu conteúdo.

Por últimos pedimos suas opiniões e preferências em relação ao futuro da briga Spammers Vs motores de busca, já que é justamente esta a razão pela qual os buscadores se vêem obrigados a melhorar constantemente. Para Bruce Clay a luta, "nunca terminará sempre e quando houver buracos nos mecanismos de detecção dos motores de busca e os rankings equivalerem a dinheiro. Duvido que algum dia haja uma legislação, tem que haver uma pena imposta pelos motores de busca, e os spammers dos motores de busca nunca acreditarão que essa pena seja suficientemente severa como para priva-los de novas invenções. Acredito que o SEO ético exclui o spam".

Phil Craven nos contava que "preferiria que os motores ficassem como estão para que possamos levar nossas páginas ao máximo utilizando, se for necessário, as técnicas de spam :). A busca se dirigirá a maneiras menos precisas de produção de resultados relevantes. Google já teve que ir a uma delas com Florida.

Nestes momentos é fácil obter rankings máximos em Google.

Existem vários sistemas e idéias que estão tratando de entender de que se trata uma página, e entender a consulta que uma pessoa escreve no campo de busca, ao invés de só unir palavras. CIRCA é um deles e é de Google. Quando um sistema como este ingresse, manipulando os resultados por meio de qualquer método (spam e sem spam) será muito mais difícil. Creio que a atualização de Florida de Google fez soar um alarme para a otimização de "todos" os motores de busca e não somente pelo spam".






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato