Introdução a Java

Conhecemos Java, com um pouco de história prévia e a visão geral das características atuais da tecnologia.

Por Victorino Blanco González


Publicado em: 30/8/06
Valorize este artigo:
1. Um Toque de História.
2. O que é JAVA 2?

1. Un Toque de Historia:

Java nasce e dá seus primeiros passos em 1991 formando parte de um projeto de desenvolvimento de suporte software para eletrônica de consumo ( geladeiras, lavadoras... ), realizado por uma equipe de SUN chamado Green Team. Este primeiro enfoque dá à Java uma das suas mais interessantes características: A portabilidade, visto que Java tinha que funcionar em numerosos tipos de CPUs, e portanto foi pensado para ser independente da plataforma sobre a que funcione. Esta característica é muito possivelmente a que permitiu a Java converter-se atualmente na linguagem por excelência para a criação de aplicações em Internet.

Este salto de Java para converter-se em uma linguagem de programação para computadores se dá definitivamente em 1995 quando na versão 2 do navegador web netscape foi incluído um intérprete para esta linguagem, produzindo deste modo uma autêntica revolução na Internet.

Com este novo enfoque Java continua crescendo e lança sua versão 1.1 em 1997, com muitas melhorias e adaptações, fruto de uma revisão substancial da linguagem. Java 1.2 aparece no fim de 1998 e mais tarde é rebatizado como Java 2.

Referência: Temos um artigo que também comenta o que é Java e oferece algum outro dado de interesse.

2. O que é JAVA 2?

Sun descreve a Java como "simples, orientado a objetos, distribuído, interpretado, robusto, seguro, de arquitetura neutra, portátil, de altas prestações, multi-funções e dinâmico".

A parte de ser estas características a lógica lista de elogios que um pai sempre daria a um de seus filhos mais aplicados, efetivamente descrevem bastante bem a Java.

Java 2 é a terceira versão importante da linguagem de programação Java. Parte da versão 1.1 sem lhe introduzir mudanças substanciais, simplesmente ampliando-o.

Java apresenta muitas características que o diferenciam das linguagens similares como C++, começando pelas possibilidades de execução.

Basicamente um programa em Java pode ser executado como:
  • Stand Alone: Aplicação independente.
  • Applet: Uma aplicação especial que se executa no navegador do cliente.
  • Servlet: Uma aplicação especial sem Interface que se executa no servidor.
Por outro lado um desenvolvimento em Java nunca começa desde zero. Java implementa consigo um grande número de classes, incluídas gratuitamente em seu ambiente de desenvolvimento, para realizar variadas tarefas que permitem ao desenvolvedor centrar-se nas características mais inerentes a seu projeto.

Sun distribui gratuitamente através de sua página web, o ambiente de desenvolvimento Java chamado indistintamente com estas siglas: JDK, SDK ou J2SE. Este pacote inclui como dissemos as classes incluídas já em java, ou seja o API de Java. Também inclui o compilador de Java e o que permite a Java funcionar em nosso computador: o JRE (Java Runtime Enviroment).

O JRE inclui os elementos necessários para fazer funcionar programas java em nosso computador. Principalmente nos instala a Máquina Virtual de Java e os plugins necessários para o/os navegador/es instalados em nosso sistema. O JRE também pode ser baixado independentemente do ambiente de desenvolvimento, pois se distribui em um pacote chamado J2RE.

E o que é a Máquina Virtual de Java? Pois, como comentamos antes, Java está pensado para ser independente da arquitetura sobre a qual funcione e a maneira que tem Java para consegui-lo é através da emulação de uma máquina software sobre a que funcionam os programas compilados com Java.

Ou seja, um programa compilado com Java não tem código compreensível por nenhum processador, esse código só é entendido pela Máquina virtual de Java que o traduz a código que possa ser compreendido pelo processador sobre o qual funciona. E além disso, pode faze-lo funcionar sobre o sistema operacional sobre o que está instalado. Portanto o único dependente do Hardware é a máquina virtual, pois tem que conhecer o que tem por debaixo para realizar a tradução, porém os programas em Java sempre podem funcionar sobre uma máquina virtual seja aonde estiver instalada.





Comentários do artigo
Foi enviado 1 comentário ao artigo
1 comentário revisado:
introdução a java
Por: reginaldop
21/7/11
parabens, muito bom mesmo

Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato