Google e a publicidade on-line

Como Google gerencia os anúncios e estimula ao anunciante a mudar seu anúncio se este não tem clientes.

Por Diego Pérez


Publicado em: 14/9/06
Valorize este artigo:
O auge de Google é mais que merecido já que é uma empresa que inovou em muitos aspectos, e um deles é a publicidade on-line. E como!

Imagine que você contrata um cartaz de publicidade com uma agência de publicidade (das tradicionais) e que ao fim de alguns dias esta lhe chama dizendo "comprovamos que seu aviso não funciona e que não recebe clientes, lhe recomendamos que mude o conteúdo do mesmo ou o mudaremos nós mesmos, se não mudar o conteúdo do aviso, este será cancelado e deixará de ganhar dinheiro". Você pensaria que estaria sonhando, não é? Pois Google funciona assim ou quase.

Por exemplo, se deseja vender camisas, Google lhe permite colocar um aviso de tal maneira que cada vez que uma pessoa escreva no buscador geral (www.google.com) algo relacionado com camisas, por exemplo "camisas de frio" apareça seu aviso a um custo da relação de resultados gerais. Você deve especificar as palavras-chaves mediante as quais deseja que seu aviso seja publicado que para este caso poderiam ser: camisas de inverno, camisas de verão, roupas de vestir, etc. Google cobra por cada clique que façam os usuários sobre seu aviso e você pode especificar o valor máximo de dinheiro que está disposto a gastar por dia em quantidade de cliques. Google cobra 5 euros para ativar uma conta e pelos cliques que façam sobre seu aviso .

A ganância de Google provém dos cliques sobre seu aviso e, portanto lhe interessará que seu aviso seja efetivo por isso se detecta que o mesmo não teve uma quantidade de cliques suficientes, lhe indicará que mude o aviso, já seja modificando o conteúdo do mesmo ou as palavras-chaves.

Se não fizer, o aviso será cancelado e se mudar de palavras-chaves muitas vezes e não obtiver resultados deverá pagar uma pequena taxa extra que é uma maneira elegante de dizer: "Para que você anuncia aqui? Está gastando seu dinheiro e não dá resultado!". E simplesmente 12 horas após configurar um aviso, você já receberá um e-mail indicando se o mesmo está resultando efetivo e em função disso deve-se ou não realizar modificações ao mesmo e isto pode ser feito graças a todo o soft que possuem e que realiza um relevamento estatístico da evolução dos anúncios que inclusive lhes permite prognosticar o impacto do uso de determinadas palavras-chave. Se quisermos Google faz "pressão" sobre o anunciante para que este obtenha resultados já seja modificando seu aviso ou mudando as palavras-chave. É que a ganância deles depende da efetividade de seu aviso!

Os publicitários sempre disseram que o importante são os resultados, mas nunca ao ponto de só cobrar se estes se obtém. Google age como um "sócio" do anunciante e esclarece que deseja anunciar a sites relevantes que serão os que tenham os números de cliques adequados. Realmente é muito engenhoso e simples, mas ninguém havia pensado e realizado isso até agora. Se bem que a cobrança por clique já se utiliza faz algum tempo na Internet, a amálgama de diferentes modalidades publicitárias que fizeram é o que é única.

E não é que sejam uns santos nem fenômenos, o que aconteceu é que as táticas tradicionais de publicidade em linha (banners ou cobrar por mostrar um aviso ,etc) não deram o resultado esperado (o qual é relativo) e afastaram a muitos anunciantes. Então, foi planejado este novo tipo que na verdade parece mais sincero.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato