A divulgação de webs com frames

Explicamos as razões pelas quais as páginas com frames se divulgam pior do que as que não os têm e damos conselhos para melhorar o registro em buscadores de páginas com frames.

Por José A. Quirós


Publicado em: 12/7/04
Valorize este artigo:
Conseguir que uma web se encontre nos primeiros postos de buscadores não é uma tarefa fácil e, se a web foi criada por meio de frames, pode ainda ser um pouco mais complicado. Neste pequeno artigo vamos dar algumas razões para justificar a afirmação anterior, junto com conselhos que podem nos ajudar a conseguir melhores posições nas webs com frames.

A dificuldade de divulgar uma página com frames baseia-se em dois pontos, mesmo que outras pessoas provavelmente encontrem outras vantagens e inconvenientes que não assinalamos aqui:
  • A página principal do frame não tem texto, somente etiquetas <frameset> e <frame>, sendo assim, os motores de busca como Google, não podem extrair palavras-chave ou uma descrição de nossa página.
  • As páginas feitas com frames estão compostas por várias páginas distintas e, segundo nossa interpretação, se o texto estivesse em um mesmo arquivo HTML, conteria mais palavras de onde o motor possa extrair uma boa informação da página. Neste ponto também cabe destacar que a navegabilidade do site decresce se não se acessa a web entrando pela declaração de frames e somente se visualizaria um arquivo HTML que deveria mostrar dentro de um frame, já que este arquivo certamente contém menos links e referências a outras partes do web. Isto motiva que a impressão de um visitante pela página possa ser pior que se acessa visualizando as molduras completas.
Conselhos para melhorar a promoção com frames:
  1. Intitular corretamente a declaração de frames
    Existem muitos desenvolvedores que intitulam o arquivo HTML com a declaração de frames de forma pouco descritiva ou inclusive com palavras como "frames", "index.html" ou "molduras". Isto é um erro muito grave porque todas as páginas de nosso site herdam o título dos frames e não desejamos que nossa web ou a do cliente se chame "molduras", e sim algo descritivo como "Armazém de materiais de construção Irmãos Silva".

  2. Colocar as etiquetas META na declaração de frames
    Já que não se podem extrair palavras-chave ou descrições de uma declaração de frames porque não tem texto, é aconselhável que as introduza dentro das etiquetas META no cabeçalho da página.

  3. Cuidar do texto da etiqueta <NOFRAMES>
    Alguns motores de busca extraem o texto para palavras-chave ou descrição da página do que o desenvolvedor tenha colocado entre <noframes> e </noframes> . Por isso, não coloque unicamente algo como "Esta página utiliza frames, mas seu navegador não os admite". Melhor colocar uma página de início completa, com texto, etiquetas <b>, <h1> ou imagens, ou o que desejar para que o portal fique bem para este tipo de exploradores e se possa extrair palavras-chave e descrições adequadas.

  4. As páginas interiores também importam
    Os motores de busca também podem indexar as páginas interiores dos sites com frames, tratando-as como páginas independentes apesar do desenvolvedor as ter concebido com molduras. Muitas vezes estas são muito adequadas para obter uma excelente posição em buscadores, já que contém texto sobre o tema da página sem informação supérflua ao redor. Portanto, cuide muito bem da forma de realização destas páginas colocando títulos corretos, etiquetas META, um bom conjunto de palavras-chave repetidas entre o texto da página, etc.

  5. Acrescente navegabilidade e dados de contato nas páginas interiores
    Visto que as páginas incluídas dentro dos frames também serão um ponto de entrada habitual na web, acrescente sempre links para poder voltar ao portal, outros conteúdos site e à declaração de frames em si para que o visitante possa ver a web com todos seus elementos. Também é importante colocar informação sobre o cliente ou a nossa própria para que se possam entrar em contanto conosco e o visitante possa conhecer o proprietário da informação a qual está acessando. Além disso, no endereço ou dados da empresa ou particular, em muitos casos, temos palavras-chave que podem ser muito interessantes, como nossa localidade ou atividades.

  6. Registre também as páginas interiores que lhe interesse divulgar
    Alguns buscadores recorrem a estrutura de sua web inteira indexando as distintas páginas. Outros buscadores, geralmente os diretórios, nem sequer têm essas funcionalidades, mas para os dois casos é interessante registrar as páginas interiores para assegurarmos que apareçam também. Este conselho pode servir para todo tipo de webs, mas no caso dos frames em diversos arquivos você pode construir diversas entradas repetindo a declaração de frames em diversos arquivos que mostrem no corpo da página uma informação distinta.

  7. Crie um "túnel de entrada"
    Para que sua página principal não seja uma declaração de frames, pouco divulgável, você pode criar um portal para a página em um arquivo HTML normal, com texto, imagens e outros elementos onde introduza o conteúdo da web, cuidando especialmente em colocar as palavras-chave e descrições que deseje conseguir. Esta página poderia conter o link à declaração de frames, ou links no caso de que tenhamos várias declarações.

Pode haver outros conselhos para divulgar páginas com frames, mas de fato, em geral todos os conselhos para divulgar webs em páginas sem molduras podem ajudar uma página que as tenha. Esperamos que estas notas sirvam à correta realização das páginas com frames desde o ponto de vista de sua divulgação em buscadores.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato