OpenOffice

Neste artigo trataremos um pouco por alto esta suíte de programas para o trabalho no office nos sistemas Linux.

Por Stefano Pérez


Publicado em: 15/1/07
Valorize este artigo:
Sistema:
Linux/Win95/98/NT/ME/2000/XP
Idioma: Português
Licença: GPL
Tamanho:  75.6 MB
Web: http://www.openoffice.org/

Graças a Sun Microsystems, que optou pela publicação do código fonte de sua suíte Staroffice, sob licença GPL, é hoje possível baixar OpenOffice (http://www.openoffice.org/) e utiliza-lo conforme o previsto pela licença pública geral de GNU, GPL.

Como lembra Marco Boerries, vice-presidente e diretor geral da webtop e software de aplicações em Sun Microsystems, OpenOffice "é muito mais que simples código fonte, inclui também APIs e formatos de arquivo XML. Isto permitirá aos desenvolvedores trabalhar facilmente entre as plataformas e conseguir um enorme impacto".

O mesmo Staroffice, obviamente, se beneficiará dos avances aos que chegará a comunidade internacional de desenvolvedores, e isto permitirá produzir melhoras, no marco do desenvolvimento colaborativo, e manter o software atualizado e eficiente.

O projeto de OpenOffice é gerenciado por Collab.Net, empresa líder na provisão de serviços de desenvolvimento colaborativo baseados em código aberto. Collab.Net provê uma plataforma global para que a comunidade de desenvolvedores conte com ferramentas úteis a incrementar a eficiência no desenvolvimento, entre as quais, exploração do código fonte, notificação de mudanças, listas de correios, fóruns de discussão, e administração Web para o seguimento e a resolução de problemas.

A Suíte

A suíte OpenOffice vai equipada de um processador de texto (do estilo de Word Office), uma folha de cálculo, um programa para criar apresentações, um editor de páginas Web, um programa de correio eletrônico, aplicações de planificação e bancos de dados.

Este programa é nativamente multi-plataforma, com o que é possível instala-lo em diferentes sistemas operacionais. A compatibilidade com os documentos e os formatos de Microsoft Office permite ler os documentos criados com tal programa, embora na hora de salvar uma cópia modificada seria oportuno utilizar o formato de OpenOffice.

Nota: Há que ter em conta que OpenOffice não é uma duplicata de Microsoft Office, portanto não é de se esperar que imite suas funções, e sim que tenha suas próprias, embora esta suíte venha equipada de programas parecidos aos de Office para aliviar os problemas naturalmente associados à mudança.

Neste artigo se explicará detalhadamente como instalar OpenOffice sob Linux.

Como instalar OpenOffice sob Linux

A instalação prevê duas partes. A primeira consta da instalação do programa como root (superusuario) e a segunda da instalação como usuário.

Baixar o programa do website http://www.openoffice.org no diretório /tmp

Abrir um terminal e fazer login como root. Para descompactar o arquivo, ir ao diretório /tmp ( cd /tmp ) e teclar: tar -zxvf [nome do arquivo]

Exemplo:
tar -zxvf OpenOffice1.0.2.tar.gz

Será criado um diretório install - ir agora ao diretório recém-criado: cd install e executar o script de instalação.

O comando ./install --prefix=/opt instalará o programa no diretório /opt, ou seja um bom lugar, tendo em conta as dimensões do software.

Quando terminar a instalação no sistema, antes de poder utilizar o programa, será necessário instala-lo como usuário. Para fazer isso, há que sair da sessão de superusuario (root) e começar uma sessão como usuário regular.

Tendo instalado o programa no diretório /opt, tal como foi descrito acima, ir ao diretório /opt/OpenOffice.org1.0.2 e teclar o seguinte comando: ./setup

Abrirá agora uma interface gráfica que irá propor duas opções: instalação como Workstation e instalação completa. O nosso será escolher a primeira (aproximadamente 1.4 Mb) visto que no sistema já foi instalado. O sistema irá sugerir agora um diretório onde instalar esta porção do programa, que normalmente será: /home/nome_usuario/OpenOffice.org1.0.2
Aceitar este diretório ou então especificar outro, sempre no diretório /home.

Agora OpenOffice perguntará onde se encontra a instalação de Java para a integração. Embora para muitas funções básicas não seja estritamente necessária a presença de Java, é aconselhável indicar a rota apropriada.

Quando terminar o programa gráfico de instalação, OpenOffice já estará pronto para ser usado. Se se manteve o nome do diretório tal como explicado acima, o programa se encontrará agora em:

/opt/OpenOffice.org1.0.2/program/soffice

Quando quiser abrir um arquivo *.sxw (formato típico de OpenOffice, ou então *.doc, o formato de Ms Word Office) pela primeira vez, o sistema perguntará que programa se deseja utilizar para abri-lo.
Assumindo que não tenham sido mudados os diretórios onde instalar o programa do explicado acima, especificar o endereço:

/opt/OpenOffice.org1.0.2/program/soffice

e marcar o campo que lhe permitirá ao sistema lembrar a aplicação a usar para abrir este tipo de arquivos.

A experiência em OpenOffice já começou,

espero que vocês aproveitem!



Mais informações e downloads
http://www.openoffice.org/

Outros programas






Usuários :    login / registro

Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato