Desenvolvimento de produtos próprios

Outro enfoque à atividade de um profissional freelance ou empreendedor, ao invés de trabalhar para os demais, desenvolve seus próprios produtos.

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de JML


Publicado em: 02/2/07
Valorize este artigo:
Às vezes, a experiência de um freelance ou de um desenvolvedor independente que comece a oferecer serviços a outras empresas é um pouco dura. Sobretudo na hora de conseguir a adjudicação de projetos para realizar. É que precisamos ter numerosos e bons contatos, porque senão, é muito difícil encontrar esses primeiros clientes.

Neste mercado, em geral, a concorrência é dura. Por isso é sempre bom contar com amigos ou conhecidos que possam se converter em nossos clientes. Estas pessoas são mais próximas e, portanto, é mais provável que acabem confiando em nós.

Da mesma forma, também é dura a espera pelo contrato de projetos e é que a maioria de orçamentos acaba não rolando. Definitivamente, necessita-se de muito trabalho, uma boa administração comercial e se possível, muitos contatos.

Porém, também existe a possibilidade do desenvolvimento de produtos próprios: engenhar e colocar em andamento uma idéia que possa ter e que possa acabar convertendo-se em uma fonte de renda adicional e segura. Na Internet, que é o campo onde nos movemos, é relativamente simples encontrar idéias que possam chegar a triunfar e que não necessitem de um grande investimento, só nosso esforço. Pelo menos a web é um meio onde é mais simples, barato e rápido triunfar do que em outros âmbitos.

Então, por que não dedicar parte de seu tempo a desenvolver uma idéia que lhe atraia e da qual possa obter mais renda? Existem muitas possibilidades. Implementar um serviço que triunfe e que tenha muitos usuários é complicado: apesar de ser factível, quase sempre há que estar muito presente e realizar muita assistência aos usuários. Agora também, qualquer um pode fazer páginas de conteúdos, onde simplesmente estamos presenteando informação útil a qualquer pessoa que nos visite. Acho que à princípio, qualquer pessoa pode escrever artigos sobre um tema que lhe interesse. Inclusive existe na Internet muita informação de livre uso que podemos incorporar a nossa web.

Tanto trabalhando de freelance como em um emprego por conta alheia é muito provável que, se colocarmos um pouco mais de interesse, acabaremos encontrando momentos livres para dedicarmos ao desenvolvimento de nossa idéia.

Outro dia, responda com estas palavras a um correio de um amigo, que me dizia que estava deixando sua etapa em sua empresa própria para se dedicar a um emprego de jornada completa em outra empresa:

É difícil que a primeira aventura empresarial acabe triunfando, porém se você for um tenaz empreendedor, certamente fará mais coisas por sua conta no futuro e com certeza haverá mais oportunidades de triunfar que desta vez.

Entendo que com seu trabalho por conta alheia você possa resolver seus problemas econômicos e acho que isso poderá lhe dar a oportunidade de desenvolver projetos, que hoje não dão dinheiro, mas que talvez no futuro sim lhe dê.

Por isso, aconselho que, se tiver interesse, comece outro tipo de projeto. Um próprio que não custe dinheiro, somente seu esforço nos momentos livres que puder se dedicar. Talvez em uns dois anos você já tenha um salário extra e umas expectativas de futuro mais atraentes. Pode ser que em 4 anos você esteja sacando mais dinheiro no su projeto pessoal do que o que você obtém trabalhando por conta alheia. Então, possivelmente possa tirar para escanteio o trabalho em uma empresa externa e dedicar todo seu esforço no desenvolvimento de suas próprias idéias.

Portanto ânimo! Desfrute a vida em sua nova condição de assalariado, contudo continue planejando objetivos que possam tornar realidade seus sonhos de empreendedor.

Quando estava escrevendo a carta me dei conta que esta mensagem poderia servir para muitas pessoas em uma situação parecida. Ou às pessoas que ainda não perceberam as vantagens de espremer um pouco a cabeça para encontrar uma fórmula que lhes permita obter rendas de seus projetos na Internet.

Suponho que outras pessoas poderão ter outras impressões, segundo suas experiências, porque também é verdade que muitos desses projetos acabam ficando no meio do caminho. Opino que o momento atual da Web é propício para começar um empreendimento, dada a variedade de fontes de renda que podem ser colocadas em andamento para tornar uma web rentável.





Comentários do artigo
Foram enviados 2 comentários ao artigo
1 comentário não revisado
1 comentário revisado:
Por: otelo
01/3/07
Muito bom, parabéns pelo contéudo.

Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato