Barra de ferramentas de Photoshop

Analisamos a barra de ferramentas de Photoshop e examinamos seus diferentes componentes.

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de Celeste Veiga


Publicado em: 04/7/12
Valorize este artigo:
Neste artigo entramos já no assunto, para aprender a manejar Photoshop desde suas partes mais básicas. Penso que a melhor maneira de começar o manual de Photoshop é falando da barra de ferramentas, posto que contém as utilidades que devemos aprender a dominar para tirar proveito do programa.

Outros manuais de Photoshop começam explicando como criar um arquivo novo com Photoshop, ou abrir um arquivo existente. Este texto está dirigido às pessoas que já têm certa desenvoltura com o manejo de programas em geral, inclusive pessoas que já mexam com Photoshop e acharam que é um software medianamente complexo. Assim que damos por sabido que você é capaz de abrir um arquivo gráfico existente em seu computador, ou que sabe criar um arquivo novo, tudo isso através do menu de "Arquivo".

Assim, damos uma primeira olhada na mencionada barra de ferramentas e reconheçamos suas diferentes partes.

A botoneira de ferramentas de Photoshop aparece em uma janela flutuante que costuma estar situada à esquerda da área de trabalho do programa. Esta janela flutuante pode se ocultar se desejarmos, razão pela qual que não é 100% seguro que você a esteja vendo. A partir do menu "Janela / Ferramentas" você pode dizer a Photoshop que a mostre o oculte, segundo suas necessidades.

A barra de ferramentas tem um aspecto como o que podemos ver na imagem da esquerda. Em diferentes versões de Photoshop vão sendo incluídas novas ferramentas, de modo que é possível que sua barra de ferramentas não seja exatamente igual a esta (esta imagem é da barra de ferramentas de Photoshop CS2). De qualquer modo, as ferramentas fundamentais pelas que vamos começar, sim que serão as mesmas.

Ampliamos a imagem para que se possa ver melhor cada um de seus ícones. Você poderá ver que na parte de cima há varias filas de ícones colocados em duas colunas. Estas são as ferramentas de que dispõe o programa. Na parte de baixo da barra de ferramentas você verá ícones e controles que não são ferramentas propriamente ditas, mas que dão acesso a funcionalidades importantes de Photoshop, como o seletor de cor frontal e cor de fundo.

Icones de Ferramentas de Photoshop

Como dizia, na barra de ferramentas estão as distintas utilidades para realizar desenhos. Realmente todas estas ferramentas são só uma parte do que você terá que aprender para dominar Photoshop, pois existem muitos componentes que não estão compreendidos nesta botoneira. Não obstante, as ferramentas são um bom ponto para começar sua aprendizagem.

Como você verá, alguns ícones de ferramentas têm uma pequena seta no canto inferior direito. Isso quer dizer que nesse ícone estão agrupadas varias ferramentas diferentes. Na imagem seguinte você pode ver marcada a setinha a que nos referimos:


Para ver todas as ferramentas agrupadas sob um ícone temos que clicar sobre esse ícone e manter pressionado o botão do mouse durante um segundo, mais ou menos. Então se desdobrará um menu com todas as ferramentas que há agrupadas debaixo desse ícone, simbolizadas por sua vez por outros ícones.

No capítulo seguinte faremos uma revisão rápida para enumerar as ferramentas que consideramos mais importantes.

Configurador de cor ou seletor de cores

Revisando a barra de ferramentas, há outro lugar importante que devemos observar. É a ferramenta de configuração de cor. Na imagem seguinte você poderá ver a parte da barra de ferramentas onde está o configurador de cor, com vários pontos que assinalamos e que vamos explicar.

  1. Cor frontal: esta é a cor com que pintaremos ao utilizar muitas das ferramentas de Photoshop, como os pincéis.
  2. Cor de fundo: esta é a cor de fundo que nossa tela terá, onde vamos trabalhar com arquivos gráficos.A cor de fundo não é para pintar mas para definir a cor de fundo dos arquivos novos (Ao criar um arquivo novo com Photoshop podemos decidir se queremos que tenha fundo transparente, fundo branco ou fundo "cor de fundo", neste último caso se utilizará a cor de fundo de nosso seletor de cores) e para preencher de cor o que se apague sobre a camada especial "fundo", se a tiveremos.
  3. Comutar cores frontal e de fundo: Simplesmente intercambia as duas cores vistas anteriormente, frontal pela de fundo e vice-versa.
  4. Cores de fundo e frontal por padrão: volta a colocar o branco como cor de fundo e o negro como cor frontal, tal como aparecem ao abrir Photoshop.
Na barra de ferramentas há outra serie de botões um pouco mais abaixo, para entrar no modo máscara rápida e para passar a outros modos de tela, assim como um botão para passar nosso arquivo gráfico para Image Ready. Todas estas ferramentas são mais ou menos avançadas e as veremos mais adiante.

Nota: Se você colocar o mouse sobre um ícone que você não saiba o que é, ao cabo de um segundo -mais ou menos- sem mover o ponteiro, aparecerá uma mensagem com o nome de cada ícone ou de cada ferramenta.

Agora podemos continuar conhecendo as principais ferramentas com as que conta Photoshop.





Comentários do artigo
Foi enviado 1 comentário ao artigo
1 comentário não revisado
0 comentários revisados

Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato