Teste suas páginas em todos os navegadores com BrowserLab

BrowserLab é um serviço online de Adobe que permite comprovar o aspecto que oferecem as páginas web nos principais navegadores sem sair de um mesmo espaço de trabalho.

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de Celeste Veiga


Publicado em: 08/8/11
Valorize este artigo:
Adobe dispõe de várias ferramentas bastante interessantes para desenvolvedores e profissionais de Internet, através de seu website, abertas e gratuitas para qualquer pessoa interessada. Neste caso vamos comentar uma utilidade que serve para revisar o aspecto que tem nossa página web em vários navegadores sobre diferentes sistemas operacionais.

Quantas vezes teremos visto nossa página em outro navegador ou em outro sistema operacional, inclusive com o mesmo cliente web, e nos terá surpreendido quão diferente é sua visualização em relação ao que suponhamos. O problema muitas vezes é que não dispomos dos navegadores instalados em nosso computador ou algo ainda mais habitual, que não tenhamos, por exemplo, um computador com o sistema operativo Linux ou Mac OS X, de modo que é impossível ver a página nessas plataformas.

Um detalhe que também é crucial é que só podemos ter um Internet Explorer instalado em nosso computador, de modo que só vamos poder testar a web em uma das versões possíveis do explorador. Algo que também ocorre agora com Firefox, que só podemos ter uma versão deste software instalada no sistema.

Assim vamos apresentar uma ferramenta que soluciona em parte este problema. O serviço em questão se chama BrowserLabs e como dissemos, se encontra à disposição dos usuários acessando sua página web:

http://browserlab.adobe.com

Quando entramos em Browser Labs encontramos uma página web com uma interface parecida ao que seria um navegador. Podemos digitar então qualquer endereço web e o sistema acessará por nós a página para nos mostrar seu aspecto.

Realmente, o que vamos obter não é mais que uma tela com o aspecto que tem essa página aberta com cada navegador. Ou seja, este sistema nos permite ver como um conjunto de navegadores renderiza uma página específica, embora não nos permita interagir com a web. Não obstante, essa captura de tela, será muito interessante para analisar como seria vista a página em cada entorno.

Nota: Renderizar é uma palavra que não existe em português, mas já se encontra no vocabulário técnico das pessoas. Sua tradução seria interpretar, embora possamos dizer que é o processo pelo qual se concretiza um modelo expressado com um programa ou linguagem. Por exemplo, quando se diz renderizar uma página, se refere ao processo pelo qual o navegador interpreta o código HTML, CSS, etc, para criar a tela que é mostrada ao usuário dentro de sua interface.


Ao lado da barra de endereços encontraremos um menu que nos permitirá mudar a exibição entre os diferentes navegadores que formam o estudo de BrowserLabs, que obviamente, são os navegadores mais usados atualmente no panorama de clientes web. Além disso, permitem selecionar diferentes sistemas operativos, como Windows ou Mac OSX, o que resulta ainda mais interessante. Por exemplo, podemos ver a renderização da página por Firefox 3.0 tanto em Windows XP quanto do mesmo navegador em OS X. Neste ponto caberia dizer que se sente falta de algum navegador no sistema operativo Linux.

Os navegadores que suporta BrowserLabs, pelo menos no momento de escrever este artigo, são os seguintes:

  • Firefox 2.0 em Windows XP
  • Firefox 3.0 em Windows XP
  • Internet Explorer 6.0 em Windows XP
  • Internet Explorer 7.0 em Windows XP
  • Safari 3.0 em OS X
  • Firefox 2.0 em OS X
  • Firefox 3.0 em OS X
Com a interface do programa podem ser vistas, inclusive, duas ou mais interpretações da web ao mesmo tempo e fazer zoom para ampliar ou reduzir as imagens que são mostradas como resultado para cada navegador, como podemos ver na seguinte tela de BrowserLabs, na que encontramos o render de DesarrolloWeb.com tanto em Explorer 6.0 de Windows XP como em Firefox 2.0 de OS X:


Resumindo, trata-se de uma aplicação interessante para as pessoas que fazemos webs, posto que nos permite ter uma vista adicional sobre nossa página, para saber se seria bem visualizada em distintos navegadores e sistemas operativos. Não obstante, há que dizer que o serviço seria muito mais útil se pudéssemos interagir com a página, uma vez que muitos dos problemas de compatibilidade não vão surgir só no aspecto da web, mas também na programação do lado do cliente que leva detrás. Esperemos que Adobe continue realizando esforços para melhorar a ferramenta e que possam ser vistas no futuro novas incorporações de navegadores, sistemas e possibilidades de test entre diferentes plataformas.





Comentários do artigo
Foi enviado 1 comentário ao artigo
1 comentário não revisado
0 comentários revisados

Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato