Camada de aplicação

Neste artigo veremos tudo aquilo relacionado com a camada de aplicação, desde suas funções até as ferramentas que podemos utilizar para controlar essa camada.

Por Sara Alvarez Langa - Tradução de Celeste Veiga


Publicado em: 26/2/13
Valorize este artigo:
No artigo anterior del Manual de Redes falávamos sobre o direcionamento de rede e vimos como se codificava uma mensagem para ser enviada por uma rede. Bem, então uma vez que sabemos isto, necessitamos ver como se enviam e recebem tais mensagens na camada mais alta do modelo OSI, a camada de aplicação.

A camada de aplicação é composta por:

  • Aplicações
  • Serviços
  • Protocolos
Vamos ver um a um, para uma melhor compreensão.

Porém antes de começar, recordemos o que é a camada de aplicação: A camada de aplicação é aquela que proporciona a interface entre as aplicações que utilizamos para nos comunicarmos e a rede na que se transmitem as mensagens.

Nota: Neste artigo nos centramos no modelo OSI, mas falaremos também do modelo TCP/IP em artigos sucessivos.

Dentro da camada de aplicação podemos encontrar dois tipos de programas ou aplicações:

  • Aplicações de rede
  • Serviços da camada de aplicação

Aplicações

As aplicações são aqueles programas que utiliza o usuário final para comunicar-se na rede, sejam programas de mensageria, navegadores web, clientes de correio eletrônico, etc.

Serviços

Os serviços são os programas que o usuário não vê, mas que são necessários para que as aplicações funcionem corretamente. Estes serviços são, por exemplo, a transferência de arquivos, funções de prioridades na rede, fila de impressão na rede, etc.

Os serviços devem implementar varios protocolos, já que são muitas as diferentes aplicações que se comunicam em uma rede.

Protocolos

Temos que assinalar que os protocolos da camada de aplicação são aqueles que se utilizam para intercambiar os dados entre os programas que estão sendo executados na origem e destino.

Dito isto, podemos começar nomeando alguns protocolos utilizados nesta camada:

  • Protocolo de serviço de nomes (DNS)
  • Protocolo de trasferencia de hipertexto (HTTP)
  • Protocolo de transferência de correio (SMTP)
  • Protocolo de emulação de terminal (Telnet)
  • Protocolo de transferência de arquivos (FTP)
  • ...
Todos estes protocolos nos proporcionam a informação de controle e seu formato necessário para as funções de comunicação mais comuns dentro de Internet.

Funções dos protocolos:
Os protocolos estabelecem regras para o intercambio de dados entre as diferentes aplicações e serviços instalados nos dispositivos de origem e destino dentro de uma rede.
Ademais, os protocolos são encarregados de estruturar as mensagens que se enviam entre origem e destino.

Temos que destacar que cada protocolo realiza uma ação específica e que por este motivo são muitíssimos os protocolos existentes hoje em dia.

Por outro lado temos que saber que para que a comunicação tenha sucesso, temos que ter implementados tanto na origem quanto no destino os mesmos protocolos.

Já vimos em linhas gerais o principal da camada de aplicação, mas nos artigos seguintes veremos protocolos concretos, serviços concretos e alguma arquitetura de rede associada a esta camada.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato