Características do uso da Internet Móvel

O uso de Internet em dispositivos móveis é diferente do uso realizado em computadores tradicionais .

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de Celeste Veiga


Publicado em: 01/6/12
Valorize este artigo:
Neste artigo vamos introduzir alguns outros dados interessantes, sobre as características do uso da Internet Móvel, mas que não deixam de ser meramente teóricos. Por essa razão ainda vamos demorar antes de colocar mãos à obra. Conto com a paciência de vocês. Talvez o que eu vá comentar nas linhas seguintes não deixe de ser verdade e que como usuário de um smartphone você já deve ter experimentado, não obstante sempre é bom trazê-la à tona e solidificar nosso conhecimento.

Quem não usou seu telefone móvel enquanto caminha pela rua? Se você nunca cometeu esta temeridade, então felicidades por não estar tão ligado à tecnologia. Talvez sua esperança de vida seja maior que da grande parte de seus colegas, mas com mais razão você terá que prestar atenção ao seguinte. Passear com móvel na mão é um claro exemplo de como o uso dos móveis é distinto do uso de Internet em computadores da área de trabalho. Porém, há mais. A continuação vou dar três detalhes que a meu ver condicionam sobre maneira o uso que as pessoas fazem dos dispositivos móveis.

Geralmente você está fazendo outras coisas

Quando estamos trabalhando com um computador de uma área de trabalho, seja um laptop ou desktop, geralmente estamos totalmente centrados no que está acontecendo na tela. Ao trabalhar com o computador pessoal costumamos estar sentados comodamente em uma cadeira e em uma mesa e com todos os sentidos em nossa máquina. Entretanto, o uso de Internet em um dispositivo móvel não costuma ser assim. As pessoas quando usamos os móveis estamos fazendo mil coisas diferentes. Há aqueles que usam Internet em seus dispositivos de mobilidade enquanto comem, ou assistem televisão ou enquanto caminham pela rua.

Com isso, fica patente que nossos sentidos encontram estímulos da vida real enquanto se conectam com o mundo online. Em muitas ocasiões é até mais crítico para eles o que estão vendo na tela da TV do que os artigos que estão simplesmente folheando em seu móvel. É mais importante o prato que têm diante do que as atualizações de Facebook de seus amigos, que estão revisando enquanto comem.

Na imagem anterior podemos ver um dado interessante recolhido em uma infografia de Microsoft Tag. 86% dos usuários de móveis se conectam com a Internet enquanto assistem seus programas de televisão. À vista desse dado fica patente que devemos construir webs para móveis sob outra perspectiva da que se usa para os computadores de área de trabalho.

Porém, voltando ao caso de caminhar usando o móvel, pensemos que uma situação como essa, não só implica que o usuário esteja prestando atenção em outras coisas, como no sinal vermelho, cruzar com outras pessoas sem as atropelar nem ser atropelado, etc. como também pode perder o foco de nosso web site por outros assuntos como receber o reflexo do sol sobre a tela do telefone ou a chegada de avisos em aplicações de mensagens.

Conectam-se para ver algo concreto, com menor tempo para consumi-lo

Como segundo detalhe cabe destacar temos a objetividade do uso da Internet móvel. Ou seja, as pessoas que se conectam à Internet em um dispositivo de mobilidade não o fazem simplesmente porque querem passar o tempo. Bom, talvez em muitos casos seja assim, mas geralmente desejam obter algo concreto. Se fosse para passar longas horas de lazer, talvez preferissem conectar-se a seus computadores, com uma grande tela e interfaces para entrada de dados mais cômodas, como o teclado.

O caso é que, em muitos casos, nos conectamos à Internet porque queremos saber o endereço específico de um lugar ao que nos dirigimos. Ou então porque não sabemos chegar a um endereço e queremos ver o caminho em um mapa. Talvez simplesmente porque queiramos o telefone de algum provedor ou porque queremos "matar" 10 minutos de espera, nos comunicando com nossos amigos e seguidores, antes de nos sentarmos na cadeira de tortura do dentista.

Resumindo, quase sempre que nos conectamos à Internet no móvel é porque queremos fazer algo específico, mas o que é mais importante, queremos uma resposta rápida, porque nosso tempo para obtê-la também é mais reduzido. Por isso, ao construir um site para móveis não temos que pensar que nosso usuário tem tempo de navegar por 10 páginas antes de encontrar aquilo que busca. Se for possível, temos que entregá-lo de uma maneira rápida e objetiva.

Velocidade de conexão e planos de dados limitados

Hoje, felizmente, a velocidade de conexão com a Internet por telefonia móvel é razoavelmente boa, não obstante, as conexões de Rede de nosso escritório ou casa continuam sendo sensivelmente melhores. Isso é algo que devemos ter em conta à hora de planejar um web site otimizado para móveis. Unido a objetividade que seria desejável na resposta, segundo o ponto comentado anteriormente, faz com que nosso site para móveis se deva desenhar ajustando ao máximo a quantidade de bytes a serem transferidos nos acessos.

Ademais, os planos de dados para os telefones móveis também têm algo que nos deve motivar a reduzir ao máximo o peso das webs enfocadas neste tipo de dispositivos de acesso. Não é outra coisa que a quantidade de transferência mensal que seu pacote de dados disponibiliza. Embora as operadoras em muitos casos se empenhem em nos dizer coisas como "oferecemos internet ilimitada de 500Mb", a realidade é que fazem mais graça que outra coisa.

Sobre esse assunto da Internet Móvel limitada existem alguns diapositivos que têm inclusive dois momentos de humor negro, com os que não se sabe se rir ou chorar. São de onde tirei a imagem anterior e estão acessíveis para qualquer interessado na matéria. O mencionado trabalho se chama "O final da banda larga ilimitada".

Conclusão

Não tenho dúvida de que ainda haverá outros padrões que ilustrem o comportamento típico dos usuários que se conectam à Internet em seus dispositivos móveis. No entanto, os vistos neste artigo nos dão já uma boa ideia de como os costumes diferem dos que vimos desempenhando em computadores tradicionais.

Com estas ideias e nosso senso comum estou seguro de qualquer leitor poderia já fazer uma lista de boas ideias para realizar seu próximo website otimizado para móveis. Não obstante, continuaremos nesta linha no texto seguinte, onde nos dedicaremos a explicar as regras de usabilidade mais importantes à hora de desenhar webs enfocadas para dispositivos móveis.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato