Como começar um projeto web ou investir nele

É algo que se escuta muito ultimamente, o vimos em tecnoemprendedores, o blog de um amigo e companheiro de aventuras na rede.

Por Agustín Vivancos - Tradução CRV


Publicado em: 09/1/13
Valorize este artigo:
Também tive a oportunidade de vê-lo e ouvi-lo (embora menos, uso audiofones), em alguns eventos de empreendedores.

Porém, realmente é tão fácil montar uma pequena empresa você mesmo ou com um amigo investindo nela uma parte de suas economias, com a ajuda de seus pais ou amigos, ou mesmo algo que já se está popularizando ultimamente na Espanha, um investidor de capital risco que apoie seu projeto?

Eu creio que não, mas não é impossível e é muito mais fácil na rede que no mundo físico. Outro dia no evento falavam do triste paradoxo: Se você diz a seu pai: papai, comprei um carro de 30.000 euros. O mais certo é que seu pai se sinta orgulhoso de você. Porém, se em troca você diz : papai investi 10.000 euros em uma página web, então, ele vai achar que você é louco e inclusive pode chegar a pensar que educou você mal.

Simplesmente a falta de conhecimento e a ignorância de uma grande parte da sociedade na que vivemos, unido aos tão comuns preconceitos e ao medo de não defraudar que se vive no nosso país, faz com que, às vezes, montar algo decente seja tarefa impossível.

Porém é que não é só isso. Há muitos mais problemas, como a formação, a administração pública, a falta de tempo livre, e todos começamos nisso no nosso tempo de lazer. E milhares de coisas mais contribuem para que, muitas vezes, empreender se converta em uma utopia.

Não esqueçamos o anterior, já devíamos saber isso de cor, então nos centraremos no que é realmente importante: temos uma ideia que vai mudar o mundo mas, saberemos colocá-la em funcionamento?

A ideia é o que menos conta uma vez que tenhamos começado nosso projeto, há que tê-lo muito claro, segundo meu xará Agustín Cuenca. Sim, é certo, o assumimos e o que fazemos? A meu modo de ver o seguinte:

Se você tem dinheiro suficiente ou não necessita dele (em Internet não é necessário as vezes ter um capital para ter sucesso), pule esta etapa. O mais lógico seria buscar uma fonte de financiamento, não vamos falar de quais, porém um empréstimo, sua poupança ou um investidor podem ser a solução.

A etapa seguinte é assumir que podemos perder o dinheiro, razão pela qual invista sempre o que você puder assumir perder já que depois se tivermos nossa segunda ideia de melhorar um pouquinho o mundo, não vá esta ficar esquecida. Então começamos a desenvolver o projeto e criamos uma pequena companhia. Uma vez terminado e o queiramos lançar no mercado devemos nos preocupar com a gestão da empresa, para isso contratamos os serviços de uma gestoria que nos leve todos os papéis.

Mais tarde, quando virmos que nosso projeto tem um certo ânimo, estamos certos de que vamos viver disso, necessitamos uma infraestrutura. Quantas vezes se falou do tema da escabilidade, também é muito importante ter escolhido uma boa tecnologia para desenvolver nosso projeto uma vez chegada esta etapa e para que não morramos (que palavra mais feia) do sucesso. Necessitamos servidores, se possível em diferentes centros de dados ante uma eventual perda de dados ou avaria de um servidor, também pode ser útil se nosso produto é de âmbito global.

Com tudo já montado, com nossa grande equipe de trabalho e se tivermos sorte com nossas contas correntes aumentando, o único que nos falta é aproveitar por um período curto de tempo do nosso sucesso. Então a etapa final é voltar a iniciar outro projeto, o único é que já temos a grande vantagem de ter capital próprio e um bom empreendedor nunca se cansa de empreender.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato