Criação de Comunidades como Método de Crescimento Web

As desvantagens dos sites administrados por uma só pessoa e as vantagens das comunidades na administração de websites.

Por Leonardo A. Correa- Tradução CRV


Publicado em: 03/1/11
Valorize este artigo:
A web a cada dia oferece melhor e mais variado conteúdo sobre muitos temas, o crescimento constante para fazer frente a tanta concorrência é cada dia mais e mais importante. No entanto, muitos sites são administrados e criados por uma única pessoa, este fator freia incrivelmente a expansão de um website. O que fazer para que nosso site siga crescendo?

Os sites Administrados por uma só pessoa

Durante muitos anos os sites ou portais que triunfavam eram aqueles compostos por dois administradores e um designer gráfico. Obviamente todos aqueles que faziam parte do grupo tinham amplas capacidades e eram capazes de gerar conteúdos e administrá-los de tal forma que a web continuasse crescendo. É de notar que estes sites não tinham muita concorrência em determinado tema específico. No entanto, souberam reagir a tempo às necessidades reais que se iam apresentando para expandir seu projeto. Que fizeram? Aumentaram a quantidade de integrantes que compunha seu grupo de trabalho. Vocês dirão que esse modelo só se aplica aos grandes portais. Estão equivocados.

Além desses tipos de portais estavam e estão os administrados apenas por uma única pessoa. Neste caso o trabalho era e é excessivo. O webmaster deve ser o programador de todo o site, e obviamente deve ser o experto em design gráfico, deve ter amplos conhecimentos de marketing e estratégia em ecomerce. Além de todos estes requisitos, o webmaster estrela de que estamos falando, deve ter todo o tempo do mundo para conseguir fazer tudo isto e fazê-lo excelentemente para que seu site siga crescendo.

Porém, o principal problema que tem este webmaster ideal é o da geração de conteúdos. Não se pode administrar todo um site e gerar também conteúdos de maneira regular (segundo exigem nossos usuários).

Este perfil de webmaster encaixa muito bem para um pequeno site que maneja poucos temas ou possui uma estrutura que se encontra em crescimento.

Para competir da melhor maneira é necessário manejar a maior quantidade de informação sobre seu produto ou serviço e há apenas um modo de fazê-lo: Em Grupo.

Os principais problemas dos sites unipessoais

Se apenas uma pessoa administra um site se encontra com muitas barreiras para crescer de maneira apreciável. Aqui vão alguns exemplos do que pode gerar a administração de maneira unipessoal.

  • Os assuntos tratados rondam quase sempre os mesmos temas;
  • A forma de apresentar a informação é sempre a mesma (pode ser errônea);
  • Pouca regularidade na apresentação de novos conteúdos;
  • Ao se escolher copiar artigos de outros sites se produz duplicação de conteúdos, agora muito mal visto por Google;
  • Falta de resposta aos temas que "devem" ser tratados;
  • Falta de profundidade na redação de documentos por não conhecer cabalmente todo os temas que podem ser tratados;
  • Administração geral do site descuidada;
  • Pouca ou nenhuma personalização na atenção a consultas de cada usuário.
A lista pode seguir, mas não nos concentraremos nos problemas, mas sim nas soluções.

As comunidades, a melhor maneira de crescer

O formato que propõem os sites baseados em comunidades de usuários parece ser o que mais se adapta ao modelo atual necessário para fazer frente à concorrência.

Estes são os fatores positivos que apresentam as comunidades:

  • Regularidade na publicação de conteúdos, posto que são os integrantes da comunidade os que se encarregam de gerá-los
  • Qualidade de informação específica e avançada sobre muitos temas. Isto é assim já que os usuários são expertos em diversos temas.
  • Melhor administração e melhor resposta a consultas dos usuários, já que se designam diferentes integrantes para variadas tarefas.
  • Crescimento rápido no número de páginas internas.
  • Quase todos os usuários gostam de fazer parte de uma comunidade, quase ninguém quer colaborar com um site Unipessoal.
O formato que oferecem as comunidades pode ser visto, por exemplo, nos Foros de consulta. Crescem rapidamente e são administrados pelos mesmos integrantes da comunidade.

Entretanto, é de se notar que para que um website se adapte para conter uma comunidade deve cumprir com alguns fatores técnicos, tais como: Estrutura usável de site, bases de dados avançadas, boletim informativo quinzenal ou semanal, etc.

Todos estes fatores técnicos dependerão do grupo criativo que inicie ou se encarregue de levar a cabo a comunidade.

Conclusão

O trabalho de criação de uma comunidade não se alcança em um curto espaço de tempo, leva muito trabalho no começo. No entanto, quando o projeto toma sua verdadeira forma as coisas caminham de melhor maneira e com menor esforço e trabalho.

O formato que possua o projeto será indispensável para que a comunidade triunfe, e por isso se deve ter muito presente este aspecto.
Se você está sendo o homem orquestra para manejar seu site, talvez seja hora de considerar se é necessário migrar para o formato de comunidade de usuário.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato