Criação de um arquivo sitemap de forma manual

Explicamos como criar um arquivo sitemap sem nenhuma ajuda de programas, simplesmente escrevendo seu código com a linguagem XML.

Por Sara Alvarez Langa


Publicado em: 26/2/10
Valorize este artigo:
Neste artigo veremos como se cria um arquivo sitemap seguindo o protocolo que utiliza Google para seus sitemaps.

É bastante simples de criar, porém se sua página tem muita URL para colocar no arquivo, se pode tornar bastante pesado, portanto recomendaria utilizar algum programa ou script para fazê-lo de uma forma mais rápida. Isto o veremos em artigos posteriores.

Bom, pois vamos começar criando um arquivo com extensão .xml, por exemplo, sitemaps.xml e o colocamos na raiz de nosso domínio ou website. Ficaria em uma URL parecida a esta:

http://www.dominio.com/sitemaps.xml

Nos próximos artigos falaremos mais detalhadamente sobre a localização destes arquivos.

Uma vez criado o arquivo, mergulhamos na sintaxe e no esqueleto do arquivo.

Para começar todo arquivo de sitemap tem que iniciar com as seguintes linhas, que especificam o tipo de documento, jogo de caracteres e o formato que vamos utilizar.

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<urlset xmlns="http://www.sitemaps.org/schemas/sitemap/0.9">

Ademais tem que terminar com estas outras linhas:

</urlset>

Com isto já temos o esqueleto e podemos começar a ir colocando as URLs de cada uma das páginas de nosso site. Para isso, temos que colocar a etiqueta para cada endereço que queremos colocar.

Dentro desta etiqueta podemos colocar várias coisas, porém só uma delas é obrigatória, o resto são opcionais e ajudam a trazer informação de interesse ao motor de busca.

O esquema principal da criação desta etiqueta é o seguinte:

<url>
   <loc>http://www.dominio.com/</loc>
   <lastmod>2005-01-01</lastmod>
   <changefreg>monthly </changefreg>
   <priority>0.8</priority>
</url>

De todas as opções escritas anteriormente a única obrigatória é a etiqueta <loc> que é a que nos diz a URL. Esta URL deve começar com o protocolo http e acabar com uma barra diagonal (/). Este valor deve conter menos de 2.048 caracteres.

A seguinte etiqueta (<lastmod>) nos informa da data da ultima modificação do arquivo. Deve estar escrito com o seguinte formato:

   AAAA-MM-DD

Depois podemos colocar a etiqueta <changefreg> que nos informa da frequência com a que pode mudar esta página. Aceita os seguintes valores, que nem sempre podem coincidir com a frequência real, porém que deveria se aproximar o máximo possível:

  • always (sempre)
  • hourly (cada hora)
  • daily (diariamente)
  • weekly (semanalmente)
  • monthly (mensualmente)
  • yearly (anualmente)
  • never (nunca)

Temos que ter presente que esta etiqueta é opcional e, ainda que você coloque que uma página se atualiza diariamente não implica que os rastreadores vão passar todos os dias por ela. Os rastreadores tomam esta etiqueta como uma sugestão na hora de decidir cada quanto tempo rastrear a página.

Por último, podemos adicionar a etiqueta <priority> que nos permite criar um índice de prioridade para nossas páginas. A classe está entre 0.0 e 1. Porém, atenção com esta etiqueta, já que por colocar um 1 a todas as páginas não nos servirá muito, já que os rastreadores não o tomarão em conta.

Bom, com isto já temos toda a sintaxe de nosso arquivo xml. Deixo a seguir um pequno exemplo de como ficaria um arquivo construído para um par de URLs.

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<urlset xmlns="http://www.sitemaps.org/schemas/sitemap/0.9">

<url>
   <loc>http://www.dominio.com/</loc>
   <lastmod>2005-01-01</lastmod>
   <changefreg>daily</changefreg>
   <priority>0.8</priority>
</url>

<url>
   <loc>http://www.dominio.com/artigos/redigir.php</loc>
   <lastmod>2009-01-02</lastmod>
   <changefreg> daily </changefreg>
   <priority>0.2</priority>
</url>

</urlset>

No seguinte artigo veremos como criar um arquivo XML que seja um índice de sitemaps.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato