Desenvolvimento ágil

Uma filosofia de trabalho focada em atuar, mais do que em pensar ou planejar, e que atualmente muitos projetos web de sucesso utilizam.

Por Eduardo Manchón - Tradução de CRV


Publicado em: 02/10/12
Valorize este artigo:
Assim como existem métodos de gestão de projetos tradicionais, como o proposto pelo Project Management Institute(R) mais conhecido como PMI(R) podemos nos encontrar com uma rama diferente na gestão de projetos, conhecida como Agile. O desenvolvimento ágil de software, não é mais que uma metodologia de gestão adaptativa, que te permite realizar, projetos de desenvolvimento de software, adaptando você às mudanças e evoluindo de forma conjunta com o software.

Uma visão geral sobre a gestão de projetos

Vamos ao básico primeiro... Para que serve implementar uma metodologia de gestão de projetos? Para garantir infinidade de resultados! Porém, vou assinalar o mais básico e fundamental: para organizar melhor seu projeto e obter um melhor resultado do software oferecido a seu cliente.

Agora bem, em que consiste uma metodologia de gestão de projetos? Basicamente, consiste na convenção de práticas, métodos, princípios, técnicas e ferramentas cuja principal utilidade é a de outorgar um melhor rendimento da equipe de trabalho e sobretudo, permitir a obtenção de melhores resultados no que se produz durante o projeto (no nosso caso: software).

E então existem só duas formas de gerenciar um projeto? NÃO. Se bem que as metodologias de gestão, poderiam ser resumidas em apenas dois enfoques (ou tendências): o enfoque ágil (que abordaremos aqui) e o enfoque preditivo (ou tradicional, sobre o qual não entraremos em detalhes), cada um destes enfoques, apresenta diversa variedade de metodologias que se podem aplicar.

No que diz respeito ao enfoque ágil, existem (perdi a conta) muitíssimas metodologias, das quais, as mais utilizadas e estatisticamente com melhores resultados são Scrum (se pronuncia "scram"), Kanban (se pronuncia exatamente como se escreve) e eXtreme Programming, mais conhecida como XP (se pronuncia por suas siglas em inglês "ex-pi").

E qual é a diferença entre os enfoques ágeis e preditivos?

Os enfoques ágeis se diferenciam (e também guardam certos aspectos em comum) dos preditivos, basicamente pela forma de abordagem de um projeto.

O enfoque preditivo, é aquele que propõe a abordagem estrita de um projeto, sobre a base do cumprimento de três aspectos predefinidos ao começo do projeto: alcance, custo e tempo; ao mesmo tempo , o enfoque ágil, considera os projetos a partir do cumprimento de um objetivo mais amplo: entregar software com o maior valor possível. Isto pode ser explicado, comentando que a principal diferença é que o enfoque preditivo, propõe a definição detalhada do alcance do projeto, e a estipulação precisa de tempo e custo, ao passo que o enfoque ágil, propõe a definição de um alcance global ao começo, para em seguida o ir incrementando nas diversas iterações (cada uma das quais, supõe a entrega de um software 100% funcional).

Entendendo o conceito de agilismo

O agilismo se baseia em 4 valores e 12 princípios, que se depreendem do Manifesto Ágil. Pode se sintetizar este conceito, compreendendo os quatro valores do Manifesto:
  • Indivíduos e interações sobre processos e ferramentas
  • Software funcionando sobre documentação extensiva
  • Colaboração com o cliente sobre negociação contratual
  • Resposta ante a mudança sobre seguir um plano
Indivíduos e iterações sobre processos e ferramentas
As metodologias preditivas se baseiam em uma serie de processos e ferramentas, tendentes a abarcar de maneira exaustiva, diversas áreas de conhecimento e sua correspondente predição, ou seja, como serão gerenciadas. Isto leva a que não seja tão importante a qualidade dos profissionais que executarão o projeto (desenvolvedores, arquitetos, designers, etc.), posto que o enfoque preditivo considera, entre outras, um exaustivo processo de monitoramento e controle. O agilismo, ao contrario, propõe a autogestão das equipes de desenvolvimento, cujos integrantes, estarão a cargo de decidir como se desenvolverão as funcionalidades solicitadas pelo cliente em períodos entre 2 a 4 semanas, de forma iterativa. Isto supõe, implicitamente, priorizar a qualidade dos profissionais, e a isso se refere o manifesto com indivíduos e iterações sobre os processos e ferramentas propostos nos enfoques preditivos.

Software funcionando sobre documentação extensiva
Enquanto as metodologias preditivas se iniciam planejando em detalhe cada uma das etapas do projeto, o qual requer uma extensa documentação, o agilismo prefere lograr a entrega de software 100% funcional em cada iteração.

Colaboração com o cliente sobre negociação contratual
Um valor fundamental no agilismo, é a participação ativa do cliente no projeto em contato com desenvolvedores. Isto marca uma diferença substancial com o enfoque preditivo, posto que entre cliente e desenvolvedor não existem intermediários no momento de definir as funcionalidades do software em cada iteração.

Resposta ante a mudança sobre seguir um plano
Se bem que o enfoque predito, "prediz" como se deve atuar ante uma solicitação de mudança nos requerimentos, as mudanças não costumam ser o mais frequente, senão que ao contrario, é o seguir detalhadamente o plano de alcance. Isto implica que muitas vezes, o software finalmente entregado, inclusive quando as funcionalidades requeridas tenham sido cumpridas segundo o pactuado, ao utilizá-las , o cliente e/ou usuário final, se dá conta de que não é precisamente o que se esperava. O agilismo se encontra aberto à mudança de requerimentos e prioridades. Se adapta. Participando o cliente do desenvolvimento, somado às entregas parciais 100% funcionais, os requerimentos vão mudando sobre a marcha, à medida que o entregado se vai utilizando, a fim de somar valor ao produto.

Em um próximo artigo, veremos mais a fundo o desenvolvimento ágil introduzindo-nos em, Scrum.
Sucessos!






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato