O design equilibrado. O reticulado

Como harmonizar os blocos de conteúdo que formarão a composição do desenho.

Por Luciano Moreno


Publicado em: 04/11/07
Valorize este artigo:
Uma composição gráfica deve ser equilibrada não só em conteúdos, como também visualmente, até tal ponto que podemos dizer que a ordem na disposição espacial dos elementos da mesma é um dos fatores mais importantes para seu sucesso.

O espectador que contempla uma obra gráfica (folheto, cartaz tríptico ou página web) busca subconscientemente nela uma ordem e uam estabilidade que lhe permitam passear a vista pela mesma de forma organizada e limpa.

O sistema plano de referência habitual nos seres humanos é o formado por um eixo horizontal e outro vertical, ou seja, por duas retas que se cortam em um ângulo de 90º. Neste sistema, o eixo horizontal sugere equilíbrio e estabilidade, enquanto que o vertical facilita a elevação da vista, marcando prioridades ou níveis na composição.

Visto que as composições gráficas (e dentro delas, as páginas web) se representam em suportes planos, é fácil deduzir que este sistema de referência é também o mais adequado para a distribuição de seus elementos. Se a isto somamos o caráter eminentemente retangular da maioria dos suportes, obtemos por extensão o sistema de organização ideal para nossas composições: o reticulado.

Um reticulado ou rede é um sistema de referência formado por diferentes linhas horizontais e verticais que marcam a localização de elementos e zonas em uma composição gráfica, linhas que não tem porquê ter uma representação real (não têm porquê fazer parte do grafismo), mas sim mental. São as guias imaginárias sobre as que vamos ir colocando os elementos, a espinha dorsal de uma composição gráfica.



Mediante o reticulado, o designer vai situando com harmonia os blocos de conteúdo que formarão a composição: zonas principais e secundárias, títulos e subtítulos, blocos de texto, fotografias, ilustrações, gráficos, sistemas de navegação, botões, ícones, etc, dando com isso um estilo próprio visualmente lógico à mesma.

Uma composição gráfica não é um sistema padrão, único, e sim que os mesmos elementos se podem organizar segundo diferentes esquemas lógicos. Mas sempre deverão estar dispostos segundo uma retícula que lhes traga equilíbrio e estabilidade visual. É tarefa do designer buscar o conjunto localização-reticulado que melhor se adapte a sua obra.

A localização de elementos em uma composição segundo um reticulado determinado não requer a introdução dos elementos finais da mesma. Ou seja, se pode perfeitamente desenhar a organização de um grafismo simplesmente com retângulos de cores. Mais ainda, com retângulos de uma só cor. O que importa não é o aspecto visual final, e sim a organização lógica e regular dos elementos.

No caso concreto de uma página web, o designer pode perfeitamente distribuir em tela uma série de retângulos que representem as zonas que vão ter a página. Se a distribuição segue um reticulado conforme as zonas estão localizadas com lógica, a página que resultar disso terá um 50% de possibilidades de ser correta.

Reticulado de Terra


Esta estrutura lógica criada com o reticulado deve se manter logo em todas as páginas que formam website, proporcionando com isso consistência e homogeneidade ao mesmo.

Se definirmos uma separação entre o cabeçalho de uma formulário e o início dos elementos do mesmo de 15 pixels, todos os formulários, fichas, textos, etc, que tiverem cabeçalho, devem manter o mesmo espaço separador. Se definirmos umas margens vazias entre a página que desenharmos e as bordas da janela do navegador de 30 pixels, todas as páginas do site devem manter constantes essas margens.

Reticulado em um formulário construído com tabela


Uma vantagem adicional de desenhar um reticulado correto será a comodidade na hora de construir depois a página com tabelas, já que a estrutura natural destas é reticular.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato