Ferramenta Caneta de Forma Livre de Photoshop (Freeform Pen)

A ferramenta caneta de forma livre de Photoshop (Freeform Pen) serve para fazer traçados. É muito útil, embora seja às vezes complicado aprender a usá-la.

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de JML


Publicado em: 29/8/08
Valorize este artigo:
A ferramenta Caneta de Forma Livre de Photoshop nos permite desenhar traçados de uma maneira detalhada e com possibilidades completas, fazendo tanto retas como curvas. Ademais, esta caneta tem a particularidade que nos permite alterar um traçado uma vez realizado ou, se errarmos, voltar para trás com o comando edição-desfazer.

À princípio, o pior da ferramenta Caneta de Forma Livre é que quase sempre custa um pouco para aprender a manejá-la e às vezes faz coisas que não esperamos ou não controlamos. Não obstante, é uma ferramenta muito útil para fazer diversas coisas com Photoshop, não só traçados ou silhuetas complexas, como também seleções avançadas.

A ferramenta Caneta de Forma Livre é a seguinte:


Debaixo da ferramenta Caneta de Forma Livre há várias outras ferramentas complementares que provavelmente necessitemos usar em determinados momentos para realizar algumas ações com os traçados ou as formas.

Para começar a operar com a ferramenta caneta de forma livre de Photoshop podemos selecioná-la e clicar em qualquer parte da imagem. Com isso colocaremos um primeiro ponto do traçado. Então, podemos clicar em qualquer outra parte da imagem e colocaremos um segundo ponto, criando um traçado que vai desde o primeiro ao segundo ponto colocado (estes se chamam pontos âncora). Podemos continuar colocando os pontos âncoras e se desenhará o traçado, a base de retas, entre os distintos pontos de âncora que viemos colocando. Vale a pena experimentar um pouco com a ferramenta neste ponto para ver seu comportamento.

Fazer curvas com a ferramenta Caneta de Forma Livre

Uma curva com a ferramenta caneta de forma livre é muito fácil de fazer. Em nossa sucessão de colocação de pontos âncora, depois de colocar um ponto âncora, clicando, manteremos o mouse clicado e arrastaremos em qualquer direção. Veremos que se cria uma curva e que ao mover o mouse, arrastando com o botão esquerdo pressionado, a curva vai se modificando.

Uma vez que tivermos feito a curva desejada, vamos provar colocar um novo ponto âncora. Veremos como o traçado continua com outra curva, que se adapta de maneira que a curva anterior e a nova estejam perfeitamente traçadas uma como continuação da outra.


Como podemos ver na imagem anterior temos duas curvas no traçado, uma adaptada à outra. Se quisermos que a segunda linha do traçado não tenha em conta a curva anterior podemos utilizar a ferramenta complementaria Converter ponto de âncora. Então clicamos na linha que sai do traçado, e a arrastamos a outra posição. Podemos ver o resultado na seguinte imagem:


Se quiséssemos que a segunda linha do traçado fosse reta, então colocaríamos a linha que sai do ponto de âncora em cima do próprio ponto de âncora.


Podemos seguir colocando pontos âncora até que terminemos o traçado, colocando os novos pontos também com a ferramenta caneta de forma livre. Para completar ou terminar o traçado temos que clicar no primeiro ponto âncora que criamos, veremos que o cursor do mouse com a ferramenta caneta de forma livre, aparece como um pequeno círculo, para avisar que colocando esse ponto de âncora se fechará o traçado.


Transformar um traçado já terminado

Uma vez terminado o traçado ainda podemos seguir transformando-o, com a ferramenta converter ponto de âncora, para transformar as curvas ou com outras ferramentas complementarias. Por exemplo, com a ferramenta adicionar ponto de âncora, poderemos adicionar novos pontos de âncora ao traçado, que por sua vez poderemos converter em curvas.


Continuar um traçado não terminado com a pluma

Às vezes poderá ocorrer que estamos desenhando um traçado com a caneta, que não chegamos a completar, ou seja, não colocamos pontos âncora fazendo um percorrido completo que acabe no primeiro ponto âncora colocado. Então, pode ser que necessitemos operar com outras ferramentas de Photoshop como por exemplo, a ferramenta de mover para recolocar o traçado em outro lugar. Sendo assim, queremos continuar o traçado incompleto colocando-lhe novos pontos âncora. Porém, selecionamos a ferramenta caneta e acontece que Photoshop começa um traçado, ao invés de continuar com o que estávamos realizando.

Para continuar com um traçado não completado então temos que, com a ferramenta caneta de forma livre, clicar em cima do primeiro ou último ponto âncora realizado, segundo queiramos continuar o traçado pelo primeiro ou último ponto desenhado. Veremos que sai um pequeno símbolo do cursor da ferramenta como com uma linha e um círculo no meio. Depois de ter clicado no ponto âncora desejado, primeiro ou último, clicamos em outra parte para colocar um novo ponto âncora à continuação do clicado.

Experimentar com a ferramenta caneta de forma livre

Como vimos, há bastantes detalhes para trabalhar com traçados e diversas ferramentas complementares que podem nos ajudar a realizar o traçado ou a transformar um já realizado.

O melhor é experimentar por nós mesmo para adquirir certa soltura com a ferramenta caneta de forma livre de Photoshop, e as complementares, porque não é uma coisa fácil de dominar.





Comentários do artigo
Foram enviados 3 comentários ao artigo
3 comentários não revisados
0 comentários revisados

Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato