Gestão de arquivos por PHP

Recopilamos algumas funções básicas para a gestão de arquivos com PHP.

Por Rubén Alvarez


Publicado em: 13/6/09
Valorize este artigo:
O tratamento de arquivos costuma ser uma prática muito comum em qualquer web site. Muitas vezes nos vemos com a necessidade de processar um texto para mudar o formato, buscar uma cadeia em seu interior ou qualquer outro tipo de operação.

PHP propõe infinitas funções para a gestão de arquivos que vão desde as mais elementares de abertura, leitura e fechamento a outras mais rebuscadas como o cálculo de espaço no disco rígido, tamanho do arquivo, gestão de direitos de acesso...

Neste artigo, pretendemos mostrar quais são as funções mais essenciais para o tratamento de arquivos para posteriormente exemplificá-las em um par de scripts que podem ser úteis:

Funções de gestão de arquivos
Função Descrição Sintaxe
copy Copia um arquivo copy($origem,$destino)
rename Muda o nome do arquivo de $antes a $depois rename($antes,$depois)
unlink Exclui o arquivo unlink($arquivo)

Funções para a leitura de arquivos
Função Descrição Sintaxe
fopen Abre um arquivo e lhe atribui um identificador id. Veremos o modo mais adiante $id = Fopen($arquivo, $modo)
fgets Lê uma linha de um arquivo até um número máximo de caracteres fgets($id,$max)
fwrite Escreve uma cadeia dentro do arquivo fwrite($id, $cadeia)
fseek Avança ou retrocede o ponteiro do arquivo um certo número de posições fseek($id,$posições)
feof Comprova se o ponteiro que lê o arquivo chegou ao final feof($id)
fpassthru lê completamente o arquivo e o mostra fpassthru($id)
fclose Fecha ao arquivo aberto previamente fclose($id)

As operações mais elementares, copiar, excluir e mudar o nome, requerem unicamente o nome (e path) do arquivo sobre o qual se exerce a operação. Para operações mais complexas, como a leitura de linhas ou a escritura de texto dentro do arquivo, se requer uma prévia abertura do arquivo ao qual lhe atribuiremos um identificador $id.

Uma vez aberto o arquivo, podemos nos deslocarmos ao longo dele através de um ponteiro imaginário que avança ou retrocede pelas linhas de texto e mediante o qual nos situaremos no lugar escolhido para inserir, modificar ou simplesmente copiar uma cadeia.

Existem distintos modos de abertura que nos permitem definir as ações que podemos realizar sobre o arquivo. Aqui mostramos os diferentes modos que, como se vê, são do mais variado:

Modos de abertura de arquivos
Sintaxe Descrição
'r' Só leitura
'r+' Leitura e escritura
'w' Só escritura
'w+' Leitura e escritura. Suprime o conteúdo anterior se se escreve. O arquivo é criado se não existe.
'a' Só escritura. O arquivo é criado se não existe e o ponteiro se coloca ao final.
'a+' Leitura e escritura. O arquivo é criado se não existe e o ponteiro se coloca ao final.

A notar que se tratarmos com arquivos em binário temos de colocar uma b diante do modo (ex. ba, bw+,...)

Lembramos que esta lista não é mais que uma recopilação e que muitas outras funções relacionadas podem também ser úteis.

Nota:Você também pode se aprofundar mais na gestão de arquivos com nosso manual Gestão de arquivos em PHP






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato