Google Print, buscador de texto em livros

Podemos realizar buscas sobre o texto completo dos livros que desejarmos e descobrir bibliografia relacionada com as palavras-chave.

Por Borja Sánchez


Publicado em: 28/8/07
Valorize este artigo:
Como grande buscador de informação, Google tem como finalidade, entre outras, organizar a informação do mundo, para poder oferecer acesso universal a esta. É evidente que hoje em dia existe ainda muita informação que não se encontra na Rede. Aqui é onde Google Print quer incidir, já que sua missão fundamental é dedicar o conteúdo de livros à Rede, para que desta forma, possamos encontrar em nossas buscas freqüentes referências a livros relacionados com conceitos que estamos buscando.

Este projeto é muito ambicioso, devido ao extensíssimo material que ao longo de séculos foi se forjando em forma de livros, porém, os desafios são para os grandes e Google, gostando ou não, é o desafio, não é? A fórmula que se emprega neste projeto é como mínimo, muito atraente, já que se conjugam as evidentes vantagens da digitalização de livros com a grande potência do potente buscador de Internet.

Com este projeto, que já leva funcionado desde finais do ano 2004, aproxima em grande medida a cultura aos internautas, conseguindo assim que, com a ajuda da Rede, se possa acessar a uma infinidade de livros e ao conhecimento de séculos de trabalho.

O funcionamento desta aplicação de Google se baseia em dois pontos principais. Um deles é o denominado Library Project, que se encarrega de fechar acordos com as mais afamadas bibliotecas de todo o mundo para poder digitalizar seu conteúdo e dedica-lo à Internet. Desta forma, Google foi dando forma a este projeto apoiando-se em uma base sólida de conhecimentos históricos e notáveis.

O segundo ponto se chamou Publisher Program, o qual oferece aos editores a possibilidade de digitalizar todos seus livros e colocar estes à disposição de qualquer usuário para poder consultar seu inventário, inclusive o descatalogado. Sendo assim, oferece uma possível nova linha de negócio, derivada dos ingressos da publicidade dos links patrocinados que estão relacionados com seus livros.

Dispõem já de grande quantidade livros digitalizados em Google Print e pode-se dizer que os resultados são bons e interessantes. Contudo, o sistema nos permite buscar no conteúdo dos livros, só que nos mostra por completo somente os resultados pertencentes a livros que são de domínio público. E por isso, em muitas ocasiões, veremos uma mensagem com "Lamentamos, mas o conteúdo desta página está restringido". Isto é devido ao tratamento que se dá aos livros com direitos de autor em vigor.

Google Print, desta forma, o que faz é nos mostrar somente as partes que tiverem permissão expressa para poder se reproduzir e outra característica é o procedimento que dá aos livros escaneados de uma biblioteca e que não se uniram ao programa para editores de Google Print, dos quais só podemos ver a informação bibliográfica e pequenas frases do texto que surge junto ao seu termo de busca.

O projeto em seu começo, assinou um acordo com várias universidades muito importantes no mundo (Michigan, Stanford, Harvard, Oxford) e também com a Biblioteca Pública de Nova York, com o objetivo de digitalizar os conteúdos de suas bibliotecas. Esta aplicação foi conhecida na Europa nos primeiros meses de 2005 e surgiram algumas vozes inconformadas com este projeto, desde o lado mais fechado da "cultura européia".

Outra pedra que se encontrou no caminho é o aspecto legal, devido aos direitos de autor. E é que Google Print sofreu já várias demandas de casas editoriais por suposta violação de seus direitos de propriedade intelectual. Estas demandam que Google peça permissão antes de escanear seus livros.

Google se adiantou aos problemas que ia encontrar e com a reticência das editoras em relação aos direitos do autor, e sabia que um dos pilares do sucesso de Google Print seria o respeito a estes direitos. Por isso, a própria aplicação oferece a opção ao editor de escolher a forma na qual se mostram suas obras, já seja total ou parcial.

Concluindo, com a versão beta de Google Print, dispomos de uma aplicação mais do popular buscador que nos permite buscar nos textos dos livros impressos. Na minha opinião, funciona razoavelmente bem, se você buscar um termo, lhe mostrará os livros nos que aparece, e se clicar em um deles lhe mostrará a página que contém o que você buscou.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato