É hora de pensar em 1024px?

Vantagens ou desvantagens de utilizar esta resolução em nossas páginas web.

Por Leonardo A. Correa


Publicado em: 11/11/07
Valorize este artigo:
Quase todos os web designers, estiveram desenvolvendo sites para resoluções de tela 800×600 (isto equivale a uma largura máxima entre 760 e 780 Px) .Entretanto, com a chegada de monitores de grande tamanho em polegadas, surge a questão se vale a pena ou não aproveitar o espaço sobrante em nossos desenhos. Quais são os benefícios? Quais são as desvantagens? O que é o ideal tecnicamente falando? Não sugerimos, somente expomos a informação.

Vantagens de usar 1024px em nossos desenhos

A vantagens de migrar nossos desenhos ou desenhar para esta resolução, parece radicar no novo espaço que se pode aproveitar. Em sites grandes ou com muita informação às vezes se torna realmente complexo conter tudo o que oferece um site. A necessidade de conseguir sites usáveis, faz com que esteja na mão do visitante com um par de cliques. O dispor de maior espaço de desenho abre um grande campo para resolver estes problemas.

Uma vantagem muito apreciável é o fato de dispor de maior espaço horizontal, os que estiveram desenhando só para 800×600 sabem o que isso implica.

Se basearmos nossa construção em blocos, poderemos notar um melhor aproveitamento e uma forma mais fácil de incluir texto e links em cada bloco.

Pode-se detectar outra vantagem importante em sites que utilizam ad-sense de google, ou outro sistema publicitário. É muito mais fácil incluir publicidade "vertical" quando se possui maior espaço horizontal. Isto é para mim a principal vantagem de desenhar para 1024px.

Para entender melhor estas vantagens e especialmente ver como se pode implementar em nosso site convém examinar estes exemplos:

Tanto o diario clarín como o diario la nación, muito bem desenhados para meu gosto, possuem um acertado uso do espaço para resoluções 1024Px.

Como se vêem nos exemplos, se utiliza esses 224px integramente como se fosse algo acoplado ao desenho original. Desta forma se se vê a página em 800 x 600, o usuário não perde nada importante e tem a possibilidade de passar com o scroll horizontal para ver informação secundária ou menos relevante.


Desvantagens de utilizar 1024×768

Lamentavelmente nem todas nossas visitas provêem de monitores de grande resolução. Em grande medida isto depende da temática do site e dos países de procedência. Os países com menos possibilidades aquisitivas podem demorar em migrar todos seus monitores à altas resoluções. Apesar disto a maioria dos portais em inglês já quase descartam o desgn 800×600. Outra desvantagem é o que padece ou sofre um usuário que tem que se mover horizontalmente para poder ver toda a largura de uma página. Isto é realmente muito incômodo. Se não se consideram as resoluções de tela na hora de desenhar, o desenho poderá se desvalorizar visualmente. Cortes de textos, imagens que ficam truncadas, etc.

Conclusão e opinião do autor:

Particularmente, creio que não se deve descartar os usuários que entram com resoluções baixas, por uma questão de acessibilidade e de empatia em nosso navegante. A mim não me agradava nada navegar em sites com larguras intermináveis.

O que se pode fazer então para conseguir conformar ambas partes? Acho que o melhor é utilizar o mesmo recurso que usam os diários digitais, o desenhar com largura fixas e que as dimensões se apreciem corretamente nas duas resoluções.

Outra possibilidade pode ser desenhar para duas resoluções, por exemplo, podemos utilizar um script que detecte a resolução do navegante e que o encaminhe ao estilo adequado. Aqui há um código simples que pode servir de ajuda.
Se pensarmos em nossos navegantes, eles pensarão em nós.





Comentários do artigo
Foram enviados 2 comentários ao artigo
1 comentário não revisado
1 comentário revisado:
Link quebrado
Por: acharnobairro
02/1/10
No comentário indicando "Aqui há um código simples", o link não está disponivel.

Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato