Introdução à usabilidade

Introduzimos o manual técnico sobre usabilidade onde trataremos dos principais critérios de usabilidade à hora de criar uma web.

Por Pedro Rubio e Juan F. Calderón Tradução de CRV


Publicado em: 16/8/10
Valorize este artigo:
Este informe técnico pretende reunir os principais critérios de usabilidade a serem levados em conta no design de aplicações web genéricas. Através da aplicação dos critérios aqui expostos pode- se garantir um alto nível de usabilidade no produto final, e, portanto, uma redução considerável das possibilidades de não aceitação por parte dos usuários.

Neste documento o leitor poderá encontrar uma relação de critérios comuns que devem ser cumpridos pela maioria de designers web para assegurar certo nível de qualidade no que diz respeito à usabilidade. No entanto, dada a amplitude deste mercado, poderão ser considerados outros critérios mais específicos enquadrados no domínio concreto da aplicação a ser desenvolver.

Em resumo, é responsabilidade do designer da aplicação web assegurar o cumprimento destes critérios comuns de usabilidade e, adicionalmente, os requeridos por aplicações específicas, com o objetivo de obter um produto usável e aceito pelos usuários finais.

Utilidade e âmbito de influência do documento.

Neste breve capítulo se pretende justificar a necessidade e a importância de um documento deste tipo dentro do processo software de qualquer empresa que cubra esta seção de mercado do software.

Nota: Você pode dar um olhada no Guia para o desenvolvimento de aplicações web usáveis: www.usability.gov
Na atualidade, o site web de uma empresa se converteu na sua própria carta de apresentação. Em muitos casos supõe o primeiro contato do cliente com a empresa, e por isso, é essencial que o usuário se sinta cômodo ?navegando? pela aplicação web. Um design equivocado, que provoque incômodo ou frustração no usuário poderia supor o abandono da aplicação, e portanto, a perda de um cliente potencial para a empresa. Trata- se, assim, de um elemento comercial, no qual se devem cuidar as formas e o tratamento dispensado ao cliente.

A Administração Pública também se viu na necessidade de incorporar as novas tecnologias aos assuntos burocráticos e administrativos, nos quais é recomendável que o usuário possa localizar a informação facilmente e realizar seus tramites com eficiência.

Face ao exposto, resulta conveniente investir tempo para determinar critérios de usabilidade comuns a todo tipo de aplicações web, que garantam, em certa medida, a aceitação de aplicações genéricas. Dispondo de um documento deste tipo na empresa, a equipe de design pode centrar-se em outros aspectos mais específicos do projeto, já que os aspectos mais gerais, comuns a todos os projetos, ficam cobertos por este documento.

Para garantir a qualidade dos produtos intermediários e finais, o departamento de Gestão de Qualidade realizará suas avaliações com base , entre outros critérios, nos aqui proporcionados. Na realidade, podemos considerar que nos encontramos ante um conjunto de atributos de qualidade de aplicações web no que diz respeito à sua usabilidade.

Este guia, além de proporcionar diretrizes concretas para o design da Aplicação, fornece a organização de uma métrica de usabilidade, que, em função dos resultados obtidos pelo produto final, aumenta as possibilidades de análise e melhoria de nosso trabalho. Devemos ressaltar além disso, que um design orientado ao usuário e à eficiência de suas operações permite aumentar os benefícios econômicos das empresas envolvidas.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato