Komodo IDE

Komodo IDE é um ambiente de desenvolvimento para programadores de uma ampla gama de linguagens: PHP, Perl, Python, Ruby, Javascript, HTML...

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de JML


Publicado em: 02/3/09
Valorize este artigo:
Sistema:
Multiplataforma
Idioma: Inglês
Licença: Comercial
Tamanho: 39 MB
Web: http://www.activestate.com/komodo/

Neste artigo vamos apresentar um dos ambientes de desenvolvimento mais conhecidos, chamado Komodo IDE. Trata-se de um produto comercial criado pela companhia ActiveState, que serve de IDE para o desenvolvimento de aplicações com diversas linguagens de programação, com as ajudas diversas para a criação de projetos que têm este tipo de programas, como gerenciador de projetos, ajudas on-line enquanto se programa, colorido de textos, debugger, etc...

O software serve para o desenvolvimento com linguagens e tecnologias diversas, porém centrando-se naquelas que têm a ver com a web, embora em seu leque de linguagens suportadas haja alguma que também sirva de propósito geral. Compõem a lista: PHP, Perl, Python, Ruby e Tcl. Obviamente, também dá suporte a outras linguagens mais básicas como HTML, CSS, JavaScript, e XML. Ademais também suporta algumas linguagens de planilhas como RHTML, Template-Toolkit, Smarty, e Django.

Komodo IDE se destaca por estar disponível para distintos sistemas operacionais, como Windows, Linux e Mac, e também pelo seu suporte à maioria das linguagens para criar páginas web, o que sem dúvida resultará interessante aos leitores de CriarWeb.com que queiram aumentar a produtividade de suas tarefas na hora de desenvolver aplicações web. O programa está bem comentado e vem com uma série de tutoriais e de projetos de mostra que oferecem uma boa aproximação ao sistema, para pessoas que não o utilizaram nunca.

Quando falamos de Komodo IDE temos que também fazer um comentário sobre Open Komodo, que é uma versão Open Source de Komodo IDE, com a qual a empresa ActiveState pretende se aproximar e tornar disponível seu IDE de desenvolvimento à comunidade de usuários que preferem optar por versões gratuitas e livres dos programas. Sendo assim, Komodo IDE é um produto comercial, pelo qual há que pagar uma licença e Open Komodo seria a contrapartida em código livre, gratuito para todos os usos. As URLs de ambos programas são as seguintes:

Komodo IDE: http://www.activestate.com/komodo/
Open Komodo: http://www.openkomodo.com/

Neste ponto cabe assinalar que eu não pude baixar a versão Open Source na página de Open Komodo, já que no link para baixar não foi possível encontrar a versão Windows deste programa. Talvez seja um erro, uma falha temporária ou uma estratégia para dirigir às pessoas ao produto comercial. Quanto a Komodo IDE cabe dizer que tem uma versão para download que permite avaliar o programa, sem limitações, durante 21 dias.

Fiquei interessado por Komodo IDE ao revisar vários ambiente de desenvolvimento para a criação de aplicações web em PHP, para realizar algumas análises para publicar em criarweb.com. Sobretudo estava interessado em Open Komodo, por ser gratuito, porém dado que não pude baixá-lo, decidi analisar Komodo IDE. Digamos que a impressão foi satisfatória, já que em poucos minutos pude abrir algum dos projetos de prova que o programa traz e fazer um debug de PHP em local sem ter que configurar nada. Um das coisas que mais interessa dos IDE, frente ao desenvolvimento em PHP, é dispor de uma ferramenta para depuração de erros, que nos livre de fazer os "echo $variable;" para fazer o debug das aplicações.

Komodo IDE é capaz de fazer o debug em PHP de duas maneiras, em modo local e em modo remoto, tal como eles chamam. Em modo local se refere a que o debug se realiza dentro do próprio Komodo IDE, sem a necessidade de utilizar nenhum servidor web. O modo remoto significa que a aplicação se executa em um servidor web e o debug se faz também desde Komodo IDE, porém trazendo os dados de aplicação através do próprio ambiente do servidor web. A vantagem do debug em local é que não tem que configurar nada, é só criar os pontos de ruptura nos lugares desejados e colocar o debugger em funcionamento. A vantagem do debug em remoto é que as páginas se executam no próprio ambiente aonde vão se publicar, de modo que podemos estar mais seguros que o que se obtém no debugger é o que realmente vamos ter em nossa aplicação em produção.

A verdade é que o debug remoto é realmente o mais interessante, já que o debug em local não faz mais do que simular o ambiente de execução de PHP, porém não o é realmente e sim, um intérprete que há dentro de Komodo IDE. O debug local, apesar de suas limitações, há que dizer que funciona muito bem, inclusive respeita os includes e passa de um arquivo a outro automaticamente ao seguir a execução passo a passo do código. Para aumentar a confiança do debug local se pode, através do formulário de configuração do mesmo, inclusive simular algumas variáveis de ambiente do servidor, porém, quando necessitarmos fazer uma depuração de erros complexa não será suficiente, segundo a própria ajuda do programa.

Para dar uma opinião formada sobre Komodo IDE haveria que utilizá-lo durante um tempo e explorar outras de suas funcionalidades e ajudas, para comprovar até que ponto nos facilita as coisas no desenvolvimento de aplicações web. Porém, a princípio pude ver que é um programa relativamente simples e com características muito potentes e que funcionam corretamente.

Talvez algum leitor que tenha tido experiência com Komodo IDE possa nos comentar o que achou e nos dar alguma opinião interessante. Muito obrigado!

Tela de Komodo IDE em debug PHP em local



Mais informações e downloads
http://www.activestate.com/komodo/

Outros programas





Comentários do artigo
Foi enviado 1 comentário ao artigo
1 comentário não revisado
0 comentários revisados

Usuários :    login / registro

Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato