Kompozer

Editor web simples, para designers e usuários com um nível técnico médio-baixo, que permite criar páginas web em vista design (WYSIWYG).

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de JML


Publicado em: 07/5/09
Valorize este artigo:
Sistema:
Multiplataforma
Idioma: Multi-idioma
Licença: Freeware
Tamanho: 21 MB
Web: http://www.kompozer.net/

Vamos apresentar um editor de páginas web dos que facilitam a vida para usuários com pouca experiência e que não desejam se ver com a linguagem HTML, já que permite editar as páginas sem conhecimentos técnicos, diretamente como se estivéssemos trabalhando em um programa do estilo de Word.

Kompozer ademais é um produto gratuito, com o qual se adaptará especialmente para as pessoas que têm poucos recursos e desejam um que cumpra suas necessidades, porém sem ter que investir muito tempo em aprender a manejá-lo, nem ter que investir dinheiro para comprar uma licença.

Podemos acessar para baixar Kompozer no endereço http://www.kompozer.net/

Estamos diante de um programa simples para realizar páginas web em vista design, o que tecnicamente se chama WYSIWYG (what you see is what you get, o que vê é o que obtém). Isto quer dizer que pode criar web sites diretamente escrevendo texto sobre Kompozer, como se fosse um editor de texto normal e sem ter que escrever o código fonte HTML necessário para construir a página. Quando quiser inserir outros conteúdos, como imagens ou links, tem que utilizar botões da barra de ferramentas, que lhe mostram formulários para especificar as propriedades dos elementos, como o arquivo da imagem, o texto alternativo, ou no caso de um link, o endereço onde se dirige, etc.

Isto simplifica bastante a tarefa das pessoas que querem começar a criar suas páginas web, porque não têm que aprender HTML. Simplesmente temos que aprender a manejar Kompozer, com seus menus, formulários, etc. Porém, não há que se enganar, porque utilizar um programa deste estilo, como mínimo, requererá alguns conhecimentos básicos para aprender a manejar arquivos de diversos tipos, conexões FTP, e outras características próprias da publicação em Internet. Na hora de construir conteúdos em uma web, o que se faz com Komposer, também é bom saber as distintas propriedades que podemos aplicar aos elementos da página para mudar sua aparência, colocação ou comportamento.

Principalmente, para manter o controle sobre os resultados finais será importante conhecer as particularidades de desenhar web, já seja formatando o aspecto diretamente com atributos HTML ou com Folhas de Estilo em Cascata. Kompozer presta ajuda aos principiantes porque se podem definir todas estas coisas com o próprio programa, sem ter que lidar com as linguagens, porém conhecer um pouco sobre eles sempre nos ajudará bastante.

Kompozer ajuda bastante na hora de desenhar a web, porém ademais tem diversas ferramentas para facilitar também a publicação de uma página em um servidor. Dispõe de um gerenciador de sites (site manager), no qual podemos configurar um acesso por FTP ao servidor web onde está hospedada a página. Através desse gerenciador podemos abrir arquivos que estejam no servidor para editá-los diretamente com Kompozer e logo, salvá-los no servidor com o botão "Publish". Também podemos criar novos arquivos em Kompozer e transferi-los a um servidor que tenhamos configurado no gerenciador de sites. O mesmo gerenciador de sites pode ser utilizado também para acessar a diretórios e arquivos que tivermos em local no nosso computador, configurando um site sem indicar os dados de FTP, e sim indicando o diretório de nosso disco rígido onde estão os arquivos da web.

Valorização de Kompozer

Kompozer é um projeto derivado de outros editores WYSIWYG criados em início pela fundação Mozilla, como Composer, que atualmente Mozilla parou de desenvolver, embora se encontra algo similar dentro da suíte de programas Sea Monkey. A partir do momento que se abandonou Composer de Mozilla, o desenvolvimento deste editor continuou em um projeto chamado Nvu, que também foi deixado de lado pela empresa que havia sido testemunha. Nvu já melhorou bastante o Composer de Mozilla, agregando várias coisas, porém, não era muito estável e tinha diversos erros que estão terminando de solucionar em Kompozer.

O bom é que Kompozer herdou a tecnologia de Mozilla para criar um editor web que funciona com o mesmo motor de Firefox, o que o torna um produto potente e extensível e baseado em padrões.

No entanto, os autores de Kompozer o anunciam como um editor de extrema facilidade de uso e nisso não estou tão de acordo. É verdade que simplificaram muito os menus e trataram de minimizar as ferramentas e opções do programa, de modo que não constrinjam suas possibilidades, porém, isso não significa que o programa seja extremamente fácil de usar. Talvez seja mais fácil se o compara com outros programas similares, como Frontpage ou Dreamweaver, porém qualquer programa deste estilo tem um grau de complexidade maior.

O fato é que criar webs, aplicar todo tipo de estilos e complementos e colocá-las no servidor pode resultar complexo para usuários inexperientes. Porém, pelo menos há que aceitar que tentaram simplificar os processos.

Outro detalhe é que a aplicação é bastante leve e uma vez baixada não necessita instalação. Este detalhe realmente pode ser útil para salvá-la em um dispositivo externo, como uma chave de memória, que poderíamos levá-la a outro computador para ter capacidades de edição de webs, sem ter que instalar nada nele. Outros usuários poderão encontrar problemas justamente por isto, porque pensem que têm que instalar o programa e não encontrem o instalador, e sim diretamente o executável com muitos outros arquivos.

Apresentaram há pouco tempo a versão 0.8a2 (em abril de 2009), pelo que vemos que o projeto é jovem, porém continua em desenvolvimento.

Aliás, para baixar a última versão de Kompozer, é interessante acessar a SourceForge, que é a página que hospeda o projeto. http://sourceforge.net/projects/kompozer/, pois a página de início do próprio projeto http://www.kompozer.net/ na foi atualizada para publicar o lançamento da nova versão e o download que oferecem está desatualizado.

Há pacotes de suporte de idioma, que se tem que instalar uma vez baixado Kompozer para facilitar o entendimento do programa.





Comentários do artigo
Foi enviado 1 comentário ao artigo
1 comentário não revisado
0 comentários revisados

Usuários :    login / registro

Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato