Microsoft Weft

Microsoft Weft é um programa que nos permite transformar nossas fontes para formato .eot, compatíveis com a importação de tipografias CSS no Explorer.

Por Sara Alvarez Langa - Tradução de Celeste Veiga


Publicado em: 26/10/10
Valorize este artigo:
Sistema:
Win 98, ME, 2000, XP, Vista,7
Idioma: Inglês
Licença: Freeware
Tamanho: 9.26 MB
Web: http://www.microsoft.com/typography/weft.mspx

Se estivermos interessados em utilizar qualquer tipo de letra em uma página web, e não nos limitarmos apenas às fontes que estão disponíveis no computador do usuário, convém ter à mão este programa. Em um artigo anterior explicamos como utilizar qualquer tipografia em uma página web, baixando-a do servidor, por meio da regra CSS @font-face. Na mencionada referência explicamos todas as particularidades do uso de fontes CSS em páginas web e vimos, entre outras coisas, que para que tudo funcione corretamente na Internet Explorer, as fontes que baixemos de nosso servidor devem estar em formato "eot".

Devido à necessidade de transformar nossas fontes em .eot para incluí-las em nossas folhas de estilo mediante a regra @font-face, decidimos analisar o programa ministrado pela Microsoft para realizar a conversão, chamado Weft

O primeiro que temos que fazer é baixar o arquivo da página de Microsoft: http://www.microsoft.com/typography/web/embedding/weft3/download.aspx

Uma vez baixado o instalamos com os passos típicos .... e obtemos o programa, com o qual podemos acessar diretamente o processo a realizar para a conversão. Veremos que se trata de um simples assistente que nos vai perguntando que páginas formam nosso projeto, o domínio onde vamos mostrar as fontes, as fontes que queremos utilizar, etc....

Nota: Em nossos testes este assistente produziu muitas falhas inesperadas. Nós baixamos todos os dados e algumas vezes funciona e em outras dá erro...

Se não queremos fornecer dados da web, no passo solicitado pela URL, basta colocar c:/ e salvará as fontes em nosso disco rígido. É a melhor opção do meu ponto de vista, já que você pode criar as fontes que quiser , testá-las e subir a que mais lhe agradar.

É importante mudar a localização da fonte que sai por padrão quando nos pede para salvá-la, depois do passo de escolha da fonte que você quer trocar, pois caso contrário dará erro e não criará a fonte nem mostrará o código CSS.

Nota: Temos que ter em conta que não poderemos utilizar todas as fontes que queiramos uma vez que algumas possuem copyright e o programa respeita isso.

Microsoft Weft cria as fontes .eot e se você desejar, cria até código CSS necessário para utilizar tal fonte.

Até aqui a teoria, mas na prática comento que, às vezes, as fontes criadas não funcionam. Em meus testes configurei o programa com diferentes dados e na maioria das vezes me deixou na mão. Estou testando em Windows Vista, não verifiquei para XP nem em Windows Seven.

O código CSS que gera é mais ou menos o seguinte:

<!-- /* $WEFT -- Created by: Sara (sara@example.com) on 20/07/2010 -- */
@font-face {
font-family: Old English Text MT;
font-style: normal;
font-weight: 700;
src: url(OLDENGL0.eot);
}
-->

Conclusão sobre Microsoft Weft

Resumindo, e sobretudo do meu ponto de vista, Microsoft Weft funciona para livrar-nos das fontes .eot, para poder convertê-las para este formato e poder usar nossas próprias tipografias em qualquer navegador. No entanto, no meu modo de ver, não está totalmente resolvido e são necessárias muitas melhorias. Sinceramente, vindo de Microsoft, me surpreende bastante que seja um software tão pouco fiável.





Comentários do artigo
Foi enviado 1 comentário ao artigo
1 comentário não revisado
0 comentários revisados

Usuários :    login / registro

Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato