Modelo entidade-relação

Mostramos as características básicas de um dos modelos conceituais mais utilizados.

Por Sara Alvarez Langa


Publicado em: 17/9/07
Valorize este artigo:
Este modelo se obtén em tempo de design do banco de dados. Foi proposto por Peter Chen em 1976 e desde então vem se utilizando de uma forma muito global.
Caracteriza-se por utilizar uma série de símbolos e regras para representar os dados e suas relações.
Com este modelo conseguimos representar de maneira gráfica a estrutura lógica de um banco de dados.

Os principias elementos do modelo entidade-relação são as entidades com seus atributos e as relações entre entidades.

Elementos do modelo entidade-relação

Entidad

Trata-se de um objeto do qual se recolhe informação de interesse para o banco de dados. Gráficamente, representam-se mediante um retângulo. Um exemplo seria a entidade banco, onde se recolheriam os dados relativos a esse banco, como pode ser o nome, o número de filial, o endereço, etc.

Dentro das entidades podem ser fortes ou débeis. As fortes são as que não dependem de outras entidades para existir, enquanto que as entidades débeis sempre dependem de outra entidade, senão não tem sentido por elas mesmas.

Relação

Podemos definir a relação como uma associação de duas ou mais entidades. A cada relação se atribui um nome para poder distingui-la das demais e saber sua função dentro do modelo entidade-relação. Outra característica é o grau de relação, sendo as de grau 1 relações que só relacionam uma entidade consigo mesma. As de grau 2 são relações que associam duas entidades diferentes, e as de grau n que se tratan de relações que unem mais de duas entidades.

As relações se representam graficamente com rombos, dentro delas se coloca o nome da relação.

Outra característica é o de correspondência entre duas relações;
  • 1:1. Um a um, a cada ocorrência de uma entidade lhe corresponde como máximo uma ocorrência da outra entidade relacionada.
  • 1:N. Um a Muito, a cada ocorrência da entidade A lhe podem corresponder várias da entidade B.
  • N:M. Muitos a muitos, cada ocorrência de uma entidade pode conter várias da outra entidade relacionada e vice-versa.
Para finalizar as características da relação temos a cardinalidade que define o número máximo e mínimo de ocorrências de cada tipo de entidade. Representa-se com os valores máximo Representa-se com os valores máximo com o mínimo fechados entre parênteses encima da relação. (máximo, mínimo)

Atributo

Define-se como cada uma das propriedades de uma entidade ou relação. Cada atributo tem um nome e todos os possíveis valores que pode ter. Dentro de uma entidade tem que haver um atributo principal que identifica à entidade e seu valor tem que ser único. Um exemplo de atributo principal seria o dni dentro da entidade pessoa.

Colocamos um exemplo do que seria um esquema do modelo entidade-relação.






Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato