Recortar uma silhueta com Photoshop e seleções poligonais

Recortar uma zona da imagem utilizando a ferramenta de Photoshop Seleção poligonal. A seleção poligonal é a maneira mais fácil de recortar uma silhueta.

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de JML


Publicado em: 18/8/08
Valorize este artigo:
Na hora de retocar uma imagem ou de trabalhar com arquivos gráficos para fazer composições, uma das tarefas mais habituais é realizar seleções de áreas, para recortar e colar na composição ou retoque fotográfico. Neste workshop para novatos em Photoshop, vamos explicar o modo de trabalho com a ferramenta de seleção poligonal, que seria a mais fácil para começar a fazer seleções complexas de áreas irregulares.

Como sempre gosto de dizer, o mais importante de Photoshop, pelo menos para começar, é dominar as camadas e seleções. Este seria o primeiro tutorial para conhecer as seleções complexas, para realizar recortes de áreas da imagem que se poderão utilizar composições. Nos próximos artigos vermos outras ferramentas para fazer o trabalho com maior detalhe e precisão, utilizando ferramentas mais complexas.

Ferramentas de laço poligonal

Não obstante, comecemos vendo onde está a ferramenta de laço poligonal. Encontra-se junto com a ferramenta de laço e com a de laço magnético. Se tivermos qualquer destas ferramentas selecionadas, para acessar o laço poligonal simplesmente temos que clicar com o mouse continuamente durante uns segundos, para que nos mostre e possamos selecioná-la.

Ferramentas de seleção. Seleção poligonal.

Uma vez selecionada podemos experimentar com ela fazendo umas provas. Clicamos em qualquer parte da imagem e com isso começaremos a construção da seleção. Logo podemos ir clicando em diversas áreas da imagem para ir definindo o perímetro da seleção.

Uma vez definido o perímetro da seleção, devemos fechá-la para terminar sua definição e poder operar com ela. Quando se fecha a seleção aparece um pequeno símbolo ao lado do cursor do mouse com um círculo. Isto quer dizer que se clicarmos a seleção ficará fechada e com isso perfeitamente definida.

fechar uma seleção poligonal

Outra opção para fechar uma seleção poligonal é clicar duas vezes em qualquer parte da tela. Com isso, se fechará a seleção unindo o primeiro ponto com o lugar onde se fez o clique duplo.

Seleção de uma silhueta com o laço poligonal

A seleção tem que começar por um ponto e acabar no mesmo ponto, por isso podemos escolher qualquer ponto que nos interesse. Então, vamos fazendo ponto a ponto, o percorrido da silhueta. Alguns conselhos para fazer uma boa seleção seriam:

  • Ter em conta que quantos mais pontos colocar, melhor definida estará a seleção.
  • Não clique muito rápido ao botão do mouse entre ponto e ponto, pois se dois cliques muito juntos forem confundidos por um clique duplo se fechará a seleção.
  • Faça bastante zoom para engrandecer a visualização da imagem, para poder fazer a seleção sobre uma área maior onde tiver melhores possibilidades de marcar pontos nos lugares corretos.
  • Se for reduzir a imagem de dimensões, convém fazer a seleção da silhueta antes de reduzi-la. Assim, mesmo que tenha algumas imperfeições, se dissimularão ao reduzir a imagem. Se fizer com a imagem reduzida diretamente se verão os defeitos da seleção.
  • Se se equivocar, por deixar de selecionar uma área que sim que lhe interessava ou por selecionar uma área que não desejava, não se preocupe. O melhor é que continue até terminar a seleção e logo tire ou adicione mais área. Para tirar uma seleção a outra você tem que apertar a tecla alternativa (Alt) quando começar a fazer a seleção que quer tirar a qual já tem realizada (você verá que aparece um sinal de menos "-" ao lado do cursor do mouse). Para adicionar uma seleção a outra utilize a tecla maiúsculas (também chamada Shift, que tem a seta para cima) no momento que começar a fazer a nova seleção que quer adicionar (verá que aparece um sinal "+" ao lado do cursor do mouse).
  • Quase sempre é bom utilizar um suavizado na seleção. E nos casos que a silhueta selecionada for muito grande ou que iremos colá-la em cima de outra imagem, seria bom experimentar com diversas configurações de esfumaçado.
  • Seja paciente, porque é uma operação delicada e um clique em falso pode prejudicar muito a seleção realizada durante vários minutos.
Nos próximos artigos explicaremos como fazer a seleção com a ferramenta pluma, que nos permitirá resultados muito melhores, apesar do funcionamento se tornar mais complexo.





Comentários do artigo
Foi enviado 1 comentário ao artigo
1 comentário não revisado
0 comentários revisados

Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato