Sites com conteúdo duplicado podem ser penalizados em Google

Google está perseguindo e penalizando os sites que têm conteúdo duplicado de outras webs ou conteúdo duplicado dentro do mesmo site.

Por Miguel Angel Alvarez - Tradução de JML


Publicado em: 09/1/08
Valorize este artigo:
Duplicar conteúdos é uma das técnicas que muitos webmasters utilizam para obter maior tráfego. Até pouco tempo atrás era uma boa idéia, porque nosso website ganhava em tamanho e em possibilidades de aparecer em buscadores. Porém, parece que esta prática tem os dias contados.

Google está aperfeiçoando aos poucos seu algoritmo para ponderar sites e com cada atualização delimitam as técnicas que utilizam os desenvolvedores, ou os encarregados de promoção de websites, para atrair tráfego. Neste caso, agora é a vez do conteúdo duplicado.

Sobre o conteúdo duplicado nos referimos aos artigos que são copiados total ou parcialmente de um site em outro. Ou um mesmo texto que aparece em vários sites ao mesmo tempo. Tratando-se de artigos soltos ou manuais completos, Google não gosta que um mesmo conteúdo seja encontrado em mais de um site diferente.

Da mesma forma, alguns webmasters estavam realizando cópias de conteúdos dentro do mesmo site, ou duplicação quase completa de textos e artigos. Ou seja, para fazer crescer o site estavam colocando parte dos conteúdos que já havia publicado em novos endereços dentro do mesmo site. Isto, pelo menos por um tempo, parece que servia para que Google detectasse o site como maior do que realmente era e conseguia avançar nos postos das buscas.

Os motivos de Google são claros. O conteúdo duplicado faz com que a experiência de navegar por sites piore, porque os usuários encontram a mesma informação em um site e outro, ou a mesma informação repetida dentro de uma mesma web. Com isso, para uma mesma busca, se mostravam aparições em vários sites que na verdade era o mesmo artigo em distintas webs. Esta situação prejudicava os resultados das buscas.

Sendo assim, alguns sites foram penalizados em Google por considerar que tinham conteúdos duplicados. Existem várias experiências contadas pelos próprios afetados em diversas fontes. Na maioria dos casos, com realizar uma série de arrumações, para que os sites não mostrem conteúdos duplicados, se conseguiu que Google volte a aceitar as webs penalizadas e a posicioná-las nos lugares onde estavam.

Porém, o importante seria dar alguns conselhos ou técnicas para não duplicar conteúdos, ou que Google não interprete que nosso site está reproduzindo páginas que são cópias de outras:

  • Redirecionar os subdomínios ao domínio principal. Não ter o mesmo site em www.dominioqueseja.com e dominioqueseja.com. Que se leva ao usuário sempre a um dos dois subdomínios, o que queiramos que seja principal.
  • Evitar o uso de entradas muito longas nos artigos, com informações prévias de vários parágrafos que se repetem em várias páginas distintas.
  • Evitar páginas com pouco conteúdo, onde o peso principal (a maioria de conteúdo) fique nos rodapés de página e cabeçalho.
  • Se mudar a estrutura de um site, faça redirecionamentos 301, para levar ao buscador às novas páginas e deixe os antigos endereços sem conteúdo, só com o redirecionamento.
  • Se tiver páginas com conteúdos duplicados de maneira obrigatória, como versão imprimível dos artigos, faça com que Google ou outros robôs de busca não indexem essas páginas com o arquivo robots.txt.
  • Se tiver páginas vazias de conteúdo, também convém que não as indexe o buscador. Pode utilizar o arquivo robots.txt para evitar que se indexem.
Para sites web que dupliquem conteúdo ou sites que são plagiados:
  • O conteúdo que Google interpreta como o original é o primeiro que se indexou em seu banco de dados de páginas. Portanto, se Google detecta várias páginas com um mesmo artigo considerará que a original é a primeira que detectou na Web.
  • Se alguém duplica um artigo seu, o melhor é que tenha linkado seu artigo original, ou pelo menos a URL principal de seu site. Isto Google o interpreta como que o site que copia dá crédito que o conteúdo provém de seu site.
  • Se alguém duplica seus artigos sem permissão, o que pode afetar negativamente seu ranking em buscadores, o melhor é que entre em contato para solicitar que retirem os conteúdos. Se ainda assim não lhe respeitarem, pois você pode recorrer à lei dos Estados Unidos sobre direitos de autor, sobre a que se rege Google. Para isso, o próprio Google oferece umas notas esclarecedoras em seu site que podem servir como início para se informar sobre o que tem que fazer: Lei norte-americana de proteção dos direitos de autor.





Comentários do artigo
Foi enviado 1 comentário ao artigo
1 comentário não revisado
0 comentários revisados

Usuários :    login / registro

Manuais relacionados
Categorias relacionadas
O autor

Home | Sobre nós | Copyright | Anuncie | Entrar em contato